Início Bem estar Tratamento de artrite, gota, osteoartrite e radiculite com açafrão

Tratamento de artrite, gota, osteoartrite e radiculite com açafrão

23
0

O Dr. Gabriel Cousins ​​é conhecido há muito tempo no campo de alimentos crus e remédios naturais. Ele ganhou popularidade entre o público em geral após o lançamento de seu filme intitulado “Tratamento do diabetes em 30 dias”. Ele costuma mostrar tratamentos naturais que ajudam na resolução de vários problemas de saúde.

O AÇAFRÃO

O açafrão  não é apenas um tempero: ele tem efeitos antiinflamatórios, hemostáticos e sedativos. E em alguns casos, funciona melhor do que os comprimidos vendidos nas farmácias.

Receitas e recomendações do Dr. Gabriel Cousins

Cúrcuma para tratamento de articulações:

Antes do uso, as raízes secas da planta devem ser aquecidas em óleo ou gordura – para ativar as substâncias benéficas (a mais importante delas é a curcumina). O mesmo vale para o açafrão em pó – deve ser embebido por alguns minutos em girassol ou qualquer outro óleo, adicionando um pouco de pimenta-do-reino.

Atenção! As receitas apresentadas com cúrcuma para articulações são recomendadas para uso somente após a aprovação de um médico.

Ingredientes:

– cúrcuma (2 colheres de sopa);
– leite fresco (copo);
– copo de água);
– mel e azeite (1 colher de chá cada)
– uma ou duas pitadas de pimenta preta

Preparo:

1. Despeje a cúrcuma e a pimenta-do-reino com água e cozinhe em fogo baixo por 10 minutos, mexendo sempre. Deve ser obtida uma pasta espessa.

2. Esfrie a mistura, transfira para uma jarra de vidro e leve à geladeira. A vida útil da pasta de cúrcuma é de 1 mês.

3. Aqueça o leite sem ferver e acrescente 1 colher de chá de pasta de açafrão. Mel e azeite podem ser adicionados à bebida para melhorar o sabor.

Com gengibre

Receita 1: Faça uma mistura curativa de açafrão (pó), raiz de gengibre picada e mel. Todos os ingredientes estão em partes iguais. Tome o medicamento 3 vezes ao dia, meia colher de chá antes das refeições.

Receita 2: Misture o tempero amarelo (1 colher de chá), o gengibre picado (2 colheres de chá) e pimenta vermelha picante em pó (0,5 colher de chá de curry). Diluir os ingredientes com óleo de mostarda (óleo de dois tipos de sementes de mostarda), pré-aquecendo-o. Deve-se obter uma mistura com consistência de mingau. Aplicar sobre algodão ou gaze e aplicar na área afetada. Ele é removido após 2-3 horas.

Chá de cúrcuma

A cúrcuma também pode ser consumida na forma de chá. Para prepará-lo, coloque 0,5 colher de chá do tempero em um copo de água quente. Adicione mel (1 colher de chá) ao chá e beba de manhã ou à noite por 14 dias.

Compressas antiinflamatórias

Receita 1:

Ingredientes:

cúrcuma – 1 colher de chá; 

raiz de gengibre picada – 0,5 colher de chá; 

mel natural – 2 colheres de sopa.

Misture todos os ingredientes para fazer algo parecido com uma pasta. Coloque a mistura sobre uma gaze ou toalha limpa e fixe na área onde há inflamação por 2 horas. Enrole a parte superior com um lenço quente.

As compressas de cúrcuma devem ser feitas diariamente.

Receita 2:

 Ingredientes:

cúrcuma – 1 colher de chá; 

café (moído grosseiramente) – 2 colheres de sopa; 

canela e sal marinho – 1 colher de chá; 

azeite – 1 colher de sopa. 

Antes de iniciar o procedimento, massageie a área afetada. Aplique a mistura na área afetada pela inflamação e cubra com gaze e um lenço quente.

A duração da compressa é de 2 horas.

Atenção! Os procedimentos de compressão devem ser realizados uma vez por dia durante 8 a 10 dias.

Contra-indicações

Apesar do incrível efeito terapêutico, o Dr. Gabriel Cousins ​​alerta que receitas com cúrcuma para as articulações têm contra-indicações. Devem-se à forte atividade biológica das especiarias. Portanto, é recomendável consultar um especialista com antecedência.

Açafrão não é permitido:

– nas doenças dos cálculos biliares, pois pode provocar o movimento de cálculos e pode bloquear as vias biliares;

– com tendência a alergias e intolerância individual ao açafrão;

– mulheres grávidas e lactantes (pode ser usado em pequenas quantidades);

– em pessoas com tendência a sangrar – a especiaria dilui o sangue;

– pessoas se preparando para a cirurgia.

É importante ressaltar que antes de ingerir qualquer medicamento(planta) natural é necessário consultar a real necessidade e a possibilidade com o seu médico. As informações contidas nesta matéria são destinadas meramente para fins de conhecimento. Nosso intuito jamais será instigar a ingestão de medicamentos, ervas, flores e outros sem autorização médica.

Texto originalmente publicado em lekuva.net e adaptado pela equipe do blog Educadores.