Início Destaque 6 Ervas que ajudam com uma glândula tireoide doente

6 Ervas que ajudam com uma glândula tireoide doente

186
0

A glândula tireoide é responsável por funções essenciais no corpo humano que afetam a nossa saúde geral. Os hormônios liberados por ela ajudam o corpo a regular a frequência cardíaca, a pressão arterial, o metabolismo, a libido.

Quando a função da tireoide está elevada ou diminuída – um problema comum – é importante agir o mais rápido possível, pois podem levar a complicações mais sérias causadas por alterações nos níveis hormonais. Embora seja algo normal de acontecer, a falta de cuidados pode piorar a levar a problemas mais difíceis.

 Existem muitas ervas que ajudam e têm um efeito benéfico na função da tireóide. Vamos ver quais?

Linhaça

A linhaça ajuda na diminuição da função tireoidiana, pois aumenta a secreção de hormônios. Deve-se tomar uma colher de sopa por dia para ter um efeito benéfico.

Pode ser adicionado aos alimentos, o que o torna muito fácil e prático de comer.

Echinacea

Esta erva tem um efeito positivo no aumento da função da tireóide, também aumenta a imunidade. Você pode fazer chá com as raízes da planta, mergulhando-o em água fervente.

Urtiga

Ajuda com ambos os distúrbios da glândula. Ele funciona de forma mais eficaz na forma de chá.

Alcaçuz

Ajuda a reduzir a liberação de hormônios. Tem efeito tônico, atua também contra o desenvolvimento das células cancerígenas da tireóide.

 Gengibre

O gengibre ajuda a regular a secreção de hormônios e é rico em substâncias que são boas para a glândula. O melhor é consumir fresco ou fazer chá.

Prímula eterna

Esta erva funciona muito bem para reduzir a função da tireóide. Também ajuda na queda de cabelo e menstruação intensa. Recomenda-se beber na forma de chá.

É importante ressaltar que antes de ingerir qualquer medicamento(planta) natural é necessário consultar a real necessidade e a possibilidade com o seu médico. As informações contidas nesta matéria são destinadas meramente para fins de conhecimento. Nosso intuito jamais será instigar a ingestão de medicamentos, ervas, flores e outros sem autorização médica.

Texto originalmente publicado em lekuva e adaptado pela equipe do blog Educadores.