Início Bem estar Physalis: Como plantar, cultivar e manter o amor em uma gaiola

Physalis: Como plantar, cultivar e manter o amor em uma gaiola

10429
0

Physalis é uma fruta comestível de cor amarelo vibrante, também conhecida como ‘amor enjaulado”, ela é envolta em folhas que se parecem com pergaminhos vermelhos, ou um cálice em forma de balão, lembra muito a cereja e seu sabor requintado tem feito parte da culinária, visto que, tem um sabor doce e ao mesmo tempo ácido, o que a torna bastante fácil de ser adicionada aos pratos mais requintados da gastronomia ou naqueles pratos simples do dia-a-dia.

Também reconhecida por outros nomes: cereja de inverno, groselha do cabo, barata do Peru, alcachofra, lanterna chinesa, cereja moída, Tomatillo, esta planta é oriunda da cidade de Colômbia, pois ela se adapta melhor em lugares quentes. Esta fruta ganhou destaque mundial por seus inúmeros benefícios que pode trazer a saúde, pois é rica em vitamina C, previne algumas espécies de câncer, atua no emagrecimento e mantem a saúde do coração.

Como pode ser consumida a physalis? Você pode comê-la apenas afastando as folhas ao redor e voilá! Ou você pode aproveitar na gastronomia doces ou salgadas. Mas ela tem um plus a mais, pois tem muitos nutrientes e minerais, tais como o ferro, por exemplo. Ela gosta de solo arenoso, de preferência com algum pedregulho. Aprecia o brilho do sol mas não deve ficar exposta diretamente a ele, sendo que o ideal é a meia sombra, a estação do verão é indispensável.

Você pode ter sua muda de Physalis a partir do mês de março, onde você faz o seu vaso temporário e, em mês de maio você transporta para o lugar definitivo, sendo que o ideal é escolher um pedaço de terreno bem seco, tipo esfarelado, onde deve ser feito um buraco grande, com cerca de três centímetros em todas as direções, sendo maior do que a raiz da planta, pois ela necessita de muito espaço para se desenvolver. A planta não necessita de muitos cuidados após seu plantio, somente a rega em caso de muito calor ou estiagem. O adubo pode ser o mesmo que você usa para seus tomateiros.

No mês de agosto você já poderá fazer a colheira, e ela se estende até meados de outubro. Você saberá que os frutos estão maduros quando a gaiola, ou envelope que a circunda ficar arroxeado, depois amarronzado e finalmente abrir. Então… você pode se deliciar com esta maravilhosa fruta.