Início Bem estar Parentes tóxicos e dez maneiras de lidar com essa realidade

Parentes tóxicos e dez maneiras de lidar com essa realidade

56
0

A família deveria ser nosso porto seguro. Às vezes, porém, é o lugar onde encontramos a dor. Ter parentes tóxicos geralmente nos traz os problemas mais profundos. Abandonar (ou romper com) um amigo, namorado ou namorada tóxico é uma coisa, e há muitas dicas para fazer isso, mas como você pode se livrar de um membro da família tóxico?

Em primeiro lugar, deve-se aceitar o fato de que nem todos os membros da família são saudáveis ​​ou estão disponíveis para te apoiar. Nem todos os laços familiares são baseados na premissa de respeito e amor.

Às vezes, “família” significa simplesmente que eles compartilham uma linha de sangue.

Em segundo lugar, você deve entender que ter familiares tóxicos pode significar que eles estão passando por um momento difícil em suas vidas. Muitas vezes essas pessoas precisam ser ouvidas, apoiadas e cuidadas.

Mas vamos te ensinar algumas maneiras de lidar com parentes tóxicos de forma mais direta. Vamos lá?

Parentes tóxicos e 10 maneiras de lidar com eles

1 tomar distância

Nem todos os relacionamentos familiares tóxicos são agonizantes e indiferentes de propósito. Alguns deles envolvem pessoas que se preocupam com você, pessoas que têm boas intenções, mas são tóxicas porque suas necessidades e sua maneira de existir no mundo o forçam a se comprometer consigo mesmo e com sua felicidade.

Por mais difícil que seja, temos que nos distanciar o suficiente para nos dar espaço para viver. Você tem que fazer do seu bem-estar uma prioridade. Quer isso signifique passar menos tempo com alguém, amar um membro da família à distância, deixá-lo ir completamente ou se afastar temporariamente.

deixe sua posição clara

O comportamento agressivo passivo assume muitas formas, mas geralmente pode ser descrito como agressão não-verbal que se manifesta em comportamento negativo. Em vez de expressar abertamente como se sente, alguém faz gestos sutis e irritantes dirigidos a você. 

Esta é obviamente uma situação de relacionamento tóxica. 

Mostre que essa pessoa está configurada para não se comunicar aberta e claramente com você. Lembre-se de que a maioria dos seres humanos não sentirá razão para ser passiva ou agressiva com você se se sentirem seguros para se expressar. 

Aprenda a enfrentá-los

Eles vão tentar intimidá-lo para que se submeta, se você permitir. Não há liberdade na Terra que dê a alguém o direito de atacar quem você é como pessoa. Infelizmente, algumas pessoas simplesmente não ficarão felizes até que tenham empurrado seu ego para o chão e pisado nele.

O que você precisa fazer é ter a coragem de se defender. Não dê margem a eles. Ninguém tem o poder de fazer você se sentir pequeno, a menos que você dê esse poder.

Não seja influenciado só porque você é uma família

Pare de ficar na ponta dos pés perto dele ou de dar desculpas especiais para sua agressividade contínua só por que ele é seu familiar. Se alguém em sua família com mais de 21 anos não pode ser um adulto razoável, confiável e respeitoso regularmente, é hora de falar e defender sua posição.

 Cuide de sua saúde física e emocional

Se você for forçado a viver ou trabalhar com uma pessoa tóxica, certifique-se de ter tempo suficiente para descansar e se recuperar. Membros de uma família tóxica podem mantê-lo acordado à noite enquanto constantemente se pergunta: “Estou fazendo a coisa certa?” Eu sou realmente tão terrível que eles me desprezam tanto? Eu não posso ACREDITAR que ele fez isso comigo! Estou tão magoada! 

Pensamentos como esses podem queimar você por semanas, meses ou até anos. E uma vez que você não pode controlar o que eles fazem, é importante cuidar de si mesmo para que você possa permanecer centrado, sentindo-se saudável e pronto para viver positivamente diante da negatividade quando for necessário – atenção plena, meditação, oração e exercícios regulares fazem maravilhas. .

 Se necessário, recorrer à lei

Se o seu comportamento tóxico se tornar físico, é uma questão legal que precisa ser tratada. Se alguém é fisicamente abusivo, está infringindo a lei e precisa lidar com as consequências de suas ações.

É difícil, mas não leve para o lado pessoal

Os membros de uma família tóxica provavelmente tentarão dar a entender que você fez algo errado de alguma forma. E como o botão “sentir-se culpado” é grande o suficiente para muitos de nós, mesmo a implicação de que podemos ter feito algo errado pode prejudicar nossa confiança e perturbar nossa determinação.

Não deixe isso acontecer com você. Lembre-se de que há uma grande liberdade para você quando você não leva nada para o lado pessoal. Lembre-se de que esse problema está neles, não em você.

Cultive a paz em vez do ódio contra eles

Odiá-los por serem tóxicos só traz mais toxicidade para sua vida. Independentemente de quão desprezível um membro da família possa ter sido, nunca deixe o ódio crescer em seu coração.

Rancores odiosos são para aqueles que insistem que algo lhes é devido. O perdão, por outro lado, é para aqueles que são fortes e inteligentes o suficiente para seguir em frente. 

Dê um tempo se o relacionamento merece

As pessoas podem mudar e algumas relações familiares tóxicas podem ser reparadas a longo prazo. É um trabalho doloroso, e o desejo será de ir embora, especialmente se você acredita que a confiança não pode ser restaurada. Mas se você compreender que os níveis de confiança aumentam e diminuem ao longo da vida, é mais provável que encontre força para perseverar, esperar e crescer juntos. 

Não seja fisgado se o relacionamento não durar

Infelizmente, às vezes tudo que você pode fazer é abandoná-lo para sempre. Lembre-se que você pode decidir quem vai acompanhar amanhã e quem deixar para trás hoje. Em um mundo perfeito, sempre poderíamos consertar nossos relacionamentos com familiares tóxicos , mas como você sabe, o mundo não é perfeito. 

Texto originalmente publicado em lavidalucida adaptado pela equipe do blog Educadores.