Início Ciência Exame usa cápsula para tirar fotos do intestino – será o fim...

Exame usa cápsula para tirar fotos do intestino – será o fim da colonoscopia?

855
0

A colonoscopia é um exame muito importante e muito útil para a equipe médica detectar os problemas de saúde que envolvem o sistema interno, sendo longo ( de 30 a 60 minutos) e bastante desconfortável.

O paciente fica do lado esquerdo  enquanto o médico insere um tubo longo e flexível que passa pelo cólon e envia imagens do revestimento ao médico para verificar se há anormalidades. Não parece um exame muito divertido de fazer, não é?

E realmente não é. O paciente pode sentir cólicas durante esse procedimento, além de ter uma preparação prévia para ele – deve evitar certos alimentos, e às vezes ingerir medicamentos que o deixem mais relaxado. Mas ainda assim é um procedimento importante e essencial, e por isso existem pesquisas em desenvolvimento para substituir essa técnica por outra mais confortável para o paciente. Uma dessas técnicas é a endoscopia por cápsula.

Endoscopia por cápsula

O programa de saúde digestiva da Loyola Medicine é o primeiro de seu tipo em Chicago a oferecer esse método e o Brasil já aprovou essa tecnologia há quase quatro anos. É um método que tem se tornado cada vez mais comum ao redor do mundo.

Como funciona?

Em vez de inserir o tubo, como acontece no método tradicional, o médico oferece ao paciente uma pílula com dispositivo de câmera dentro dela. O paciente a engole, e a pílula captura muitas fotos enquanto atravessa o intestino, transmitindo-as para um gravador de dados que o paciente usa na cintura. E não há necessidade de se preocupar com a pílula da câmera: ela é descartável e deixará o corpo na próxima vez que o paciente precisar do banheiro.

Endoscopia em cápsula vs colonoscopia

As colonoscopias ainda são consideradas o padrão ouro para o diagnóstico de doenças gastrointestinais inferiores, no entanto, elas têm suas limitações. Uma delas é incapacidade de inspecionar visualmente qualquer coisa além do cólon, como o intestino delgado. Por isso, muitas vezes a endoscopia em cápsula é usada quando não é possível detectar através da colonoscopia.

Riscos de uma colonoscopia em cápsula

Mesmo sendo um procedimento considerado muito seguro, oferece pequenos riscos como todos os procedimentos médicos. Um dos medos dos pacientes é que a pílula fique “presa” ” no trato digestivo, não sendo evacuada. Mesmo sendo um risco pequeno, isso pode vir a acontecer com pessoas com tumores, estenoses, Crohn, cirurgias nessas áreas ou outras condições que causam um estreitamento no trato digestivo. Mas isso o médico irá avaliar corretamente para liberar ou não o paciente para o exame.

Ainda assim, os riscos são muito pequenos e e a colonoscopia em cápsula é mais confortável e menos invasiva do que o tipo tradicional.

Texto originalmente publicado em revistasaberesaude e adaptado pela equipe do blog Educadores.