Início Bem estar Saiba como reduzir o ácido úrico do sangue com a receita de...

Saiba como reduzir o ácido úrico do sangue com a receita de um herbalista russo

565
0

Cuide da sua saúde

O ácido úrico é uma substância natural não tóxica do nosso corpo e se apresentam como cristais microscópicos de sais de sódio formados pelo fígado. Estes cristais são liberados pelo nosso organismo através dos nossos rins, porém, quando nosso organismo não está funcionando de forma adequada, a concentração desta substância no nosso sangue aumenta.

É necessário estar muito atento aos índices de ácido úrico no sangue, pois seu excesso pode causar insuficiência renal e doenças nas articulações e outros tecidos.

O aumento de ácido úrico no sangue é chamado de hiperuricemia, o que pode resultar em uma condição perigosa, onde o sistema digestivo se torna incapaz de destruir as purinas dos alimentos que são ricos em proteínas.

Sendo assim, é importante conhecer algumas recomendações que manterão os índices de ácido úrico dentro da normalidade. Veja como:

O óleo essencial de pimenta preta possui propriedades antioxidantes e é capaz de diminuir os índices da substância, que por consequência diminui os riscos de desenvolvimento de gota e insuficiência renal.

O óleo de pimenta preta é utilizado desde os tempo antigos e seus benefícios foram de grande valia para muitas pessoas.

Este óleo possui ação antibacteriana, antiespasmódico, tônico e estimulante. Ele auxilia removendo as toxinas do corpo e ativando o sistema digestivo.

Vladislav Murakov, um dos mais conhecidos herbalistas russos e indica a ingestão do óleo três vezes ao dia, de uma a duas gotas por vez, 30 minutos após uma refeição.

O óleo também pode ser utilizado para massagear as articulações com artrite e reumatismo. Basta usar algumas gotas e massagear e logo levar ao local uma bolsa de água quente.

O óleo de pimenta preta também pode ajudar quando o indivíduo já está sofrendo com a gota. Basta fazer compressas de gengibre, manjericão e o óleo.

Os níveis de ácido úrico aumentam quando se ingere grande quantidade de álcool, muita comida gordurosa e muito carboidrato. Além disso, os índices aumentam quando se fica muito tempo sem comer.

Portanto, fique sempre atento aos índices desta substância no seu organismo. Qualquer alteração, procure um médico.