Início Ciência Saiba como prevenir o aparecimento de escorpiões e o que fazer caso...

Saiba como prevenir o aparecimento de escorpiões e o que fazer caso você seja picado

825
0

Saiba como controlar o aparecimentos deste animais

O Estado de São Paulo tem registrado inúmeras ocorrências de acidentes relacionados a ataques de escorpiões. Os números de casos vêm crescendo cada vez mais e o pesquisador científico, Francisco José Zorzenon, fornece dicas para prevenir e controlar esta praga.

Francisco esclarece que o aparecimento frequente de escorpiões está relacionado diretamente com as épocas de calor, já que estes animais se reproduzem nas estações de maior calor e umidade.

“O escorpião sendo um predador, tem a barata como uma de suas presas principais no ambiente urbano. O lixo e a falta de saneamento favorecem o aumento e manutenção de baratas e consequentemente, mais escorpiões e aranhas surgirão. É um ciclo, havendo a necessidade de prevenção contínua desta praga”, explica.

Francisco explica que para controlar o aparecimento de escorpiões é importante estarmos atentos aos “quatro A´s”: água, alimento, abrigo e acesso. “Quanto mais fatores essenciais às pragas forem supridos, menores serão as chances de elas se estabelecerem. Por exemplo, se deixarmos o lixo ou qualquer tipo de alimento disponível e de fácil acesso, logo aparecerão baratas, ratos, moscas e formigas”, diz.

Entre as espécies de escorpiões que mais tem aparecido em São Paulo, a que se destaca é a Tityus serrulatus, onde o animal possui uma colocação amarelada (escorpião amarelo). Esta espécie possui um veneno muito potente e pode se procriar mais facilmente, já que as fêmeas não necessitam da presença de um macho para gerarem novos escorpiões.  

Para evitar o aparecimento deste animais, é recomendado manter os jardins e matos baixos, sempre aparados. Além disso, é essencial que entulhos e lixos sejam retirados de locais abertos. As portas e janelas das casas devem permanecer vedadas e as camas e mesas devem ficar afastadas das paredes. “Tenha em mente também que os escorpiões não ocorrem apenas em casas. Existem grandes infestações em apartamentos. Isso ocorre porque eles se movimentam em conduítes e os filhotes podem até mesmo escalar superfícies lisas, como azulejos”, explica. “Sacodir roupas deixadas no chão e “bater” os sapatos antes de calça-los também é importante, assegurando-se de que não existem escorpiões ou aranhas nestes utensílios”, destaca.

Se o local onde você vive já estiver infestado pelos escorpiões, procure urgentemente uma empresa especializada em controle de pragas urbanas.

O que fazer se for picado por um escorpião?

Conforme a orientação da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, se você sofrer um ataque de um escorpião, é necessário que você limpe imediatamente o local com sabão e água, aplique uma compressa de água morna no local e procure imediatamente o serviço de saúde mais próximo. Além disso, capturar o animal (desde que seja feito com segurança e sem levar muito tempo) pode ser fundamental para um atendimento rápido e tratamento certeiro.

Os escorpiões estão entre os animais peçonhentos que mais causam acidentes com morte no Brasil. De acordo com o ministério da Saúde, o número de ocorrências quadruplicou no intervalo de dez anos. A quantidade de casos passou de 40.287, em 2008, para 156.833 em 2018. O principal aspecto relacionado aos escorpiões que preocupa a maioria das pessoas é o veneno. Por isso, evita-los é a melhor maneira de prevenir maiores riscos e danos.