Início Comportamento Ouvir as pessoas que sempre reclamam esgota sua energia

Ouvir as pessoas que sempre reclamam esgota sua energia

222
0

Estar perto de pessoas que reclamam o tempo todo pode nos enfraquecer e nos fazer sentir sem energia, pode degradar o moral e nos ferir mesmo quando o problema não tem nada a ver conosco.

O mais perturbador é que sua atitude se torna tão tóxica e manipuladora que nos faz pensar que somos insensíveis ou egoístas porque não queremos mais ouvir suas queixas. Por isso é importante saber identificá-los, entender e conhecer os efeitos de sua negatividade em nossas vidas e como reagir diante deles.

O perfil das pessoas que reclamam

Essas pessoas vivem rejeitando a vida que têm, querem sempre se posicionar como vítimas, se queixam constantemente e o mais importante, nunca fazem nada para mudar o que tanto os atormenta.

Mesmo que a princípio pareça perfeitamente normal, com o passar do tempo, percebemos que a queixa é principalmente rotineira, pois faz parte do estilo de vida das pessoas em questão.

Torna-se um ato de manipulação deliberado ou inconsciente, com o qual o reclamante tenta provocar no ouvinte culpa, solidariedade ou compaixão, quase o tempo todo para não ter que assumir suas próprias responsabilidades.

Como uma pessoa que reclama de tudo tira nossa energia

comportamento das pessoas que reclamam de tudo é tão negativo que de repente você começa a se sentir mais exausto do que o normal. E mesmo que não seja fácil perceber, nossa mente sofre mudanças devido às emoções que são impulsionadas pela condição do outro.

Essa falta de energia nos afeta ao ponto de termos riscos de ter desequilíbrios emocionais, dificuldades em resolver os próprios problemas, diminuição da concentração e pensamentos negativos.

O que pode ser feito para lidar com o comportamento de uma pessoa reclamante?

1. Fique longe

Se possível, fique longe dessas pessoas, pois elas tentarão manipular seu comportamento.

2. Deixe claro para essas pessoas que o problema é dela

Mesmo que você reserve um tempo para ouvir suas queixas, diga-lhes que os problemas decorrem do pensamento delas. Aconselhe essa pessoa a tomar medidas para resolver seus problemas por conta própria.

3. Não demonstrando empatia

Como essas pessoas têm a capacidade de manipular seu comportamento, é importante ter um escudo para não mostrar que você está disposto a ajudá-las a todo custo em todos os problemas possíveis.

4. Defina limites saudáveis

Você tem o direito de pedir a ele que não compartilhe suas queixas e tragédias com você. Se você está cansado de ouvir pensamentos negativos o tempo todo, diga a essa pessoa que você não gosta deles e que prefere não ser o ombro por quem ela costuma chorar.

Esperamos que essas dicas ajudem você!

Texto originalmente publicado em menteasombrosa e adaptado pela equipe do blog Educadores.