Início Ciência Os 5 alimentos que mais causam alergias

Os 5 alimentos que mais causam alergias

59
0

É bastante comum que as pessoas apresentem alergias alimentares. Calcula-se que 6% dos adultos e 8% das crianças do mundo todo têm alergia a algum alimento. No entanto, 90% das alergias são causadas pelos mesmos alimentos. Conheça, aqui, os 5 alimentos que mais causam alergias.

1. Leite

Essa alergia é uma das mais comuns na infância. Cerca de 3% das crianças pequenas são atingidas, e,90% delas já superaram a alergia quando chegam aos 3 anos.

Ela é diferente da intolerância a lactose. A alergia mais grave ocorre na que é mediada pela imunoglobulina E ou IgE, que produz anticorpos contra as proteínas do leite.

2. Ovos

A segunda mais comum entre as crianças. Sendo que 68% delas  superam esta alergia até os 16 anos. Ela é geralmente causada por uma proteína que é encontrada nas claras dos ovos.

Os sintomas mais frequentes são o desconforto no estômago, erupções na pele, problemas respiratórios e, mais raramente, a anafilaxia.

3. Amendoim

Essa é uma alergia bem mais grave que a alergia causada pelos ovos e pelo leite. A alergia ao amendoim pode vir a causar morte. Os sintomas mais comuns são as reações cutâneas, falta de ar, formigamento na boca e na garganta, problemas digestivos e a rinite.

4. Mariscos

Muitas pessoas tem alergias à camarão, lagosta, lula e outros tipos de mariscos. Trata-se de uma reação à proteína tropomiosina, mas pode também ser causada pelas proteínas arginina quinase e a parvalbumina.

Esta é considerada uma alergia grave, que pode se confundir com uma intoxicação alimentar causada por vírus e bactérias. Ela é mais comum no verão, quando há maior quantidade de algas no mar. Isto porque cozinhar o marisco não é suficiente para destruir o veneno que ele absorve das algas.

5. Peixes

Essa alergia, assim como a dos mariscos, pode surgir ao longo dos anos. Ela também é considerada grave, e pode vir a ser fatal. Quem tem alergia grave a peixe pode precisar carregar consigo um injetor de epinefrina, para o caso de ingerir peixe acidentalmente.

Texto originalmente publicado em megacurioso. e adaptado pela equipe do blog Educadores.