Início Bem estar O efeito do isolamento nas crianças

O efeito do isolamento nas crianças

639
0

No isolamento social que estamos enfrentando nesse momento, muitas mães e pais relatam a dificuldade de manter crianças em casa ocupadas e se divertindo sem gerar estresse e problemas. Sabemos que o isolamento  por si só já é bastante complexo e deixa adultos entediados, ansiosos, podendo gerar algumas consequências. Isso não é diferente com os pequenos: com toda a energia que precisam conter, eles também sentem os efeitos.

A psicóloga María Laura Lazaeta comenta um pouco sobre como as crianças reagem num momento como este, e quais ações devem ser tomadas. Segundo ela, aqueles que estão entre 2 e 6 anos de idade, ainda não entendem a noção de tempo. Isso é muito importante quando for elucidar a situação para eles, pois eles precisam entender o que o mundo está passando de maneira simples e de acordo com a idade deles.

“É importante mencionar que os meninos menores, entre 2 e 6 anos, ainda não entendem a noção de tempo. É um conceito muito abstrato para eles, por isso é importante dedicar tempo ensinando-os e ajudando-os a entender o passar dos dias por meio de alguma atividade “, disse a psicóloga.

Por isso, é muito importante enfatizar a boa comunicação com as crianças num momento como este. A psicóloga recomenda que se esclareça todas as dúvidas que os pequenos venham a ter, pois caso contrário eles podem demonstrar suas angustias através do comportamento.

“Certamente perceberemos que eles são mais irritáveis, hiperativos, além de mudanças nos hábitos alimentares e de sono. É por isso que devemos ajudá-los e somos os adultos, os guias no caminho de gerenciar suas próprias emoções “, esclareceu a especialista.

O QUE FAZER PARA AUXILIAR AS CRIANÇAS?

A psicóloga explica que neste momento é importante ser mais flexível com os pequenos, mas que isso não significa a total permissividade.

O ideal aqui é estabelecer uma rotina com eles. Sempre lembrando-se que as crianças não estão de férias, portanto podem continuar executando atividades voltadas à escolas, como tarefas que os colégios podem indicar ou até mesmo submeter por meio virtual. Algumas escolas de idiomas no Brasil têm investido fortemente em aulas on-line, e até mesmo matrículas de novos alunos através da internet. Quem sabe não adicionar a criança em algo desse gênero não seja interessante?

Além disso, devemos reconhecer que eles estão em casa mais tempo do que estariam se estivessem com a rotina normal. Isso implica em deixar que eles desfrutem de tempo livre por mais tempo que o normal – deixe ele mexer um pouco mais nos jogos de mídias virtuais, ficar um pouco mais acordado, comer algo fora da rotina. A flexibilidade dos pais nesse momento é muito importante – mas sempre com responsabilidade.

ALGUMAS MEDIDAS PARA OS PAIS

Algumas dicas de medidas que podem ser tomada pelos pais para melhorar o relacionamento e  confinamento com os pequenos.

Marquem um horário para o estudo, façam uma agenda para a semana;

Isso é importante para que a rotina exista e evitar aquele sentimento de férias escolares.

Arrume um ambiente bom e adequado para que a criança estude

As crianças gostam de ter algum lugar só para elas. Arrume um canto com criatividade e mostre a ela que ali é seu lugar de estudos, sendo responsabilidade dela mantê-lo organizado.

Se for filhos maiores, não pegue no pé

Os pré adolescentes e adolescentes já têm autonomia com seus estudos. Nessa fase você já deve ter ensinado a disciplina que eles devem ter. Então apenas deixe que eles comande seus compromissos.

Com os mais novos: esteja próximo;

Utilize aquele cantinho que você arrumou para ele e faça junto as tarefas. Aproveite o momento para estar perto do seu filho e talvez até se divertirem com os estudos.

Incentive brincadeiras

Eles podem ter muitos brinquedos, mas a interação social é fundamental. Portanto não adianta deixá-los sempre brincando sozinhos. Incentive-os trazendo novas ideias e brincadeiras que envolvam toda família! Os adultos também acabam se divertindo.

Mostre um pouco mais de você para eles

Sempre que puder, aproveite o momento para mostrar pra criança o que você faz. Traga-o para ajudar você na cozinha, mostre a importância do que você faz no home office, ou então conte histórias sobre sua infância. Puxe as fotos que você tem guardado. Crianças adoram essas histórias!

É muito importante que os pais motivem as crianças a seguirem a rotina. Pode se planejar não somente estudos, mas também momentos de lazer. As crianças adoram! E isso facilita muito esse momento difícil que todos estamos enfrentando.

Fonte: clarin