Início Comportamento Existem vampiros de energia: saiba reconhecer 17 tipos

Existem vampiros de energia: saiba reconhecer 17 tipos

1061
0

Existem vampiros de energia. É necessário pensar e confrontar que eles são pequenos, médios ou grandes vampiros de energia, porque de alguma forma precisam de “outros” para avançar em suas vidas, empregos e necessidades. 

Os vampiros não existem apenas em contos ou em histórias para assustar crianças, há aqueles que convivem diariamente ao nosso lado, aparentando ser apenas uma pessoa normal, quando na verdade estão sugando nossas energias, seja em pequenas ou grandes quantidades.

Descrever um vampiro energético não é fácil, porque geralmente eles se envolvem, habilmente se camuflam entre emoções e, como você, são pessoas “boas”, não o rejeitam, deixam você entrar em suas vidas. Eles sutilmente se aproveitam dessa fraqueza que vocês são pessoas de bem e amor para invadir suas vidas, lares, famílias, parentes, amigos e tudo ao seu redor.

Os vampiros involuntários de energia geralmente não percebem que estão extraindo energia daqueles que os rodeiam. Pensa-se que essas pessoas fazem isso no nível inconsciente. Em muitos casos, o vampiro energético involuntário está de alguma forma doente ou tem algum tipo de capacidade diminuída. As energias extraídas das pessoas ao seu redor podem ser um procedimento automático de seus próprios corpos astrais, em um esforço para obter forças para preservar ou gerar um estado saudável para seu próprio corpo físico.

Vamos citar alguns dos mais conhecidos ou fáceis de detectar. 

Preste atenção aos diferentes tipos de vampiros com suas eventuais ‘mordidas’, que andam por aí, infestando suas casas, empresas, escolas, governos e o mundo inteiro.

Colecionador.– Sempre cobra, principalmente o que não pertence. Ele gosta de se apresentar como o criador do mundo e acredita que tem direito a tudo, é claro, sem nunca dar nada.

Fofoqueiro.- Ele adora espalhar fofocas. Seu lema é sempre calunioso por trás através de comentários ímpios, geralmente infundados, e ele está sempre criando um clima favorável para sugar as vítimas.

Rabugento.- Escolhe suas vítimas distribuindo seu mau humor. Sua maior
fonte de energia é deixar alguém de mau humor, assim como ele.

Secretária eletrônica. – Cada palavra ou gesto desse vampiro contém uma alegação explícita ou implícita. Ele se opõe a tudo, exige, reivindica, protesta sem parar. Mas como suas reivindicações têm pouca ou nenhuma base, eles raramente conseguem defender ou justificar seus protestos.

Lisonjeiro.- Massageia o ego da vítima, cobrindo-o com elogios falsos.

Desamparado.- Ele faz de tudo para despertar a dor e a simpatia de suas vítimas. Ele se apresenta como uma pobre vítima da vida e do mundo.

Profeta do infortúnio- Anuncia e antecipa todos os tipos de infortúnios. Através de previsões sinistras e profecias dramáticas, tende a incutir medo e pânico em suas vítimas, até que tenham alguma esperança no presente e no futuro.

Pegajoso.- Invista na sensualidade e sexualidade da vítima. Ele está sempre fazendo o jogo da sedução. Só sabe falar com você utilizando as mãos, sempre acha uma maneira de te tocar, consegue se expressar bem, mais sempre leva a conversa para o lado sexual, este é um tipo de vampiro muito ameaçador. Se você não conseguir lidar com ele, no final você se tornará uma pessoa vulnerável, e ele conseguirá sugar toda a sua energia. Tente fugir o mais rápido possível.

Orador.- Fala pelos cotovelos e força suas vítimas a ouvi-lo horas e horas seguidas; Dessa forma, ele mantém a atenção, tornando as pessoas refém, enquanto se alimenta da energia vital de seus ouvintes.

Hipocondríaco.- Todos os dias ele aparece com uma nova doença: é a maneira dele de atrair a atenção de suas vítimas, despertando preocupação, compaixão e cuidado nelas.

Autoritário.- Usa todas as prerrogativas de poder para subjugar suas vítimas, fazendo com que se sintam inferiores e muito pequenas diante de sua grande onipresença.

Controlador.- Ele é um dos piores tipos de vampiros, porque ele se disfarça de bondade, e com essa qualidade ele suga toda última gota de sangue de suas vítimas. Ele quase sempre parece oferecer e trabalhar no mais alto interesse de suas vítimas, que se sentem terrivelmente culpadas quando começam a se libertar dos sufocantes controles de vampiros.

Invejoso. – Suas vítimas são criaturas indefesas, porque o vampiro – e isso não se sabe por que – percebe suas vítimas como seres indignos como possuidores de algum talento, propriedade ou afeto que desejaria para si mesmo. É um espécime capaz das mais horríveis crueldades com suas vítimas.

Moralista.- Suga suas vítimas submetendo-as a rígidos controles
morais, impondo severas críticas e restrições. As vítimas vivem com medo com a ideia de serem objeto de sua raiva.

Altruísta.- Ele se apresenta como um guru, professor e salvador de almas. Ele diz às vítimas que não cobrará nada pelo serviço de “salvação”, mas à medida que avança, as drena pouco a pouco através de “doações voluntárias” que eventualmente se tornam obrigações. Enquanto o vampiro se torna cada vez mais rico, suas vítimas se tornam cada vez mais pobres.

Iluminado.- Este vampiro suga suas vítimas, fazendo-as acreditar que ele transmite e realiza “milagres” através de sua grande “iluminação”. As vítimas, hipnotizadas e apreendidas, doam sua riqueza ou o que podem para receber seus agradecimentos.

Aproveitador. – Ele se apresenta como uma pessoa gentil que quer “ajudá-lo”, mas na realidade ele está roubando todas as suas ideias para torná-las suas. Quando você menos pensa, ele já estudou absolutamente todos os detalhes e você verá as ideias roubadas dele como parte de um negócio ou de uma campanha publicitária.

Concordamos que é difícil confrontar um vampiro enérgico, especialmente quando a vítima é uma pessoa de bem e ama seres que, por algum motivo, se tornaram vampiros enérgicos, sejam parentes ou amigos, mas se o analisarem friamente, verão que não é impossível contra-atacar se você tiver meios e armas para derrotá-los.