Início Comportamento Bebê de 2 anos persegue cobra venenosa e leva à descoberta de...

Bebê de 2 anos persegue cobra venenosa e leva à descoberta de ninho com 110 ovos, no jardim da própria casa

925
0

Espécie perseguida pela criança é altamente venenosa e nativa da Austrália.

Bebê de 2 anos persegue cobra venenosa e leva à descoberta de ninho com 110 ovos, no jardim da própria casa

Uma criança australiana, de apenas dois anos, levou a que fosse descoberto um ninho de cobras com mais de 100 ovos daquela que é considerada uma das espécies de serpentes mais venenosas do mundo, depois de perseguir uma delas, no quintal da família.

Através do Facebook, a organização Wild Conservation revelou que foi chamada, no dia 9 de março, a uma casa em Sydney, depois de uma família denunciar um problema com cobras.

A família acreditava que havia pelo menos 10 destes répteis no seu quintal, especificamente serpentes da espécie ‘pseudonaja textilis’. Contudo, a família pediu a ajuda da organização depois de a criança, de dois anos, acabar a perseguir uma delas e o cenário acabou por ser “um pouco diferente”.

“Sete a 10 cobras bebé foram encontradas no jardim da frente há cerca de um mês e ontem à noite outro bebé foi encontrado”, revelou a organização, explicando que o animal foi “seguido pela criança residente de dois anos”.

Funcionários da Wild Conservation acabaram por se deslocar ao quintal da família, onde encontraram 110 ovos de ‘pseudonaja textilis’, que pertencerão a várias cobras.

Além de terem encontrado uma ‘pseudonaja textilis’ adulta, encontraram ainda uma cobra negra de barriga vermelha, também ela altamente venenosa.

A equipa notou ainda que as cobras tinham olhos opacos e pele áspera, o que indica abundância de alimento naquela área, como sapos, lagartos e cobras.

A organização contou que vai voltar para supervisionar o espaço.

De realçar que o veneno da ‘pseudonaja textilis’ é considerado o segundo mais tóxico do mundo.