Início Comportamento A mentira, por menor que pareça, tem o poder de destruir tudo.

A mentira, por menor que pareça, tem o poder de destruir tudo.

122
0


Você já pensou nas consequências que a mentira pode trazer? Todos nós já mentimos algumas vezes em nossas vidas, por mais “certinho” que você seja. Mas por que fazemos isso? Fazemos isso para evitar algo ruim, ou fazemos por interesse ou para conseguir algo?

Mentiras e o que está por trás delas

Em primeiro lugar, não existe mentira boa ou má. Uma mentira é uma mentira… embora também seja verdade que é quase impossível parar de mentir. Da mesma forma, nem todos nos dizem a verdade o tempo todo. 

acredite ou não, a mentira é a causa de grande parte do nosso sofrimento . No entanto, é impressionante como a maioria de nós não está ciente da extensão em que mentiras e enganos estão presentes em nossas vidas.

Algumas pessoas mentem mais do que outras?

Sim, de fato, na psicologia existe algo conhecido como “The Dark Triad” que inclui três tipos de pessoas: narcisistas , maquiavélicos e psicopatas .

Sim, de fato, na psicologia existe algo conhecido como “The Dark Triad” que inclui três tipos de pessoas: narcisistas , maquiavélicos e psicopatas .

Os maquiavélicos são aqueles que mentem para atingir determinados objetivos sem se importar com nada, nem mesmo com os danos que podem causar; eles só param quando pensam que algo pode beneficiá-los ou prejudicá-los.

Por fim, existem os psicopatas que são pessoas que não são sensíveis e que podem fazer verdadeiras barbaridades, até mentir e não sentir remorso.

Como parar de mentir?

Sempre mentiremos, direta ou indiretamente. Claro, há pessoas que fazem isso com mais intenção do que outras. No entanto, existe uma maneira de ser menos mentiroso.

Seja honesto mesmo que os outros não estejam com você .Essa é a forma de você conseguir diminuir a quantidade de mentirinhas que conta diariamente. Em suma, você mesmo sabe o que é e o que não é honesto, independentemente do que os outros façam ou digam. Portanto, não se esconda atrás de desculpas ou mentiras.

Texto originalmente publicado em reencontrate e adaptado pela equipe do blog Educadores.