Início Comportamento 6 frases para acalmar a criança zangada

6 frases para acalmar a criança zangada

1062
0

Saiba como acalmar a criança nos momentos de birra

Na maioria das vezes, os pais precisam enfrentar momentos de raiva dos seus nossos filhos. Isso ocorre porque as crianças são muito jovens e não sabem administrar as emoções de maneira adequada.

Acontece que os pais têm a tendência de tentar bloquear estes momentos e tentam resolver essa birra com gritaria e discussões. Porém, ao fazer isso, o que os pais conseguem é apenas piorar a situação, dando um exemplo negativo para os filhos e deixando a comunicação cada vez mais distante desta relação.

Contudo, existem maneiras de ajudar nossos filhos a controlar suas emoções. Quer saber como? Continue lendo.

As palavras tem o poder de ferir ou de curar. Elas podem ser mágicas e, dependendo do tom que usamos, podem ajudar a acalmar as emoções de nossos filhos. A comunicação é essencial.

1. “Vamos ambos nos acalmar, ok?”

Certamente já houve alguma situação em que o seu filho teve um grande momento de raiva e se comportou muito mal na frente das outras pessoas. Sendo assim, é normal que tenha ficado muito zangado e envergonhado por essa situação. Mas ao invés de você sair gritando e pegando-o pelo braço, tente conversar.

Diante desta situação, o que a criança precisa é de compreensão, por este motivo, é melhor respirar fundo e dizer: “Também estou com muita raiva, mas nós dois vamos nos acalmar!” Assim, a criança se sentirá compreendida e saberá que você deseja ajudá-lo.

2. “Eu também fico com raiva, mas me expresso de maneira diferente”

Através dessa frase, seu filho sente que você possui empatia por ele. Ele precisa desabafar, mas tem que fazer de outra maneira e você precisa dizer que maneira é essa.

Ajude-o a entender que é compreensível sentir raiva e que os adultos também sentem isso. Mas explique que devemos aprender a nos expressar de outra forma, como relaxando juntos, fazendo um desenho ou o que quer que venha à mente naquele momento.

3. “Juntos, vamos encontrar uma solução para o seu problema”

Em muitas situações as crianças se sentem frustradas, já que tudo é tão novo para elas e muitas coisas elas não sabem fazer. Portanto, evite dizer a elas, nestes momentos, frases como: “Você ainda não tentou” ou “Não chore e tente de novo”, pois não estará ajudando e pode ainda piorar a situação.

Nestas situações, o seu filho precisa de palavras de incentivo, motivação e confiança. Se você participar e ajudá-lo a melhorar seu desempenho, a raiva desaparecerá.

4. “Se você falar com calma e sem gritar, entenderei melhor”

Se a criança se expressa gritando quando está com raiva, certamente isso vai nos levar ao limite da paciência, mas não devemos reagir da mesma maneira. Devemos tentar fazê-lo entender que, se falar assim, não o compreenderemos. É essencial se acalmar e conversar com ele com calma.

5. “Você está com muita raiva, certo? E se eu te der um super abraço que cura tudo?”

Muitas vezes as crianças enfrentam um dia ruim e acabam ficando revoltadas com qualquer coisa. No final, acabam ficando birrentas e nem sabem por quê.

Porém, tudo o que eles precisam é a sua compreensão e amor. Nesse momento, você pode afirmar ao seu filho que você possui a solução para este sentimento e que ele é um super abraço que cura tudo.

6. “Por que você está colocando fora seus brinquedos? Você não gosta mais deles? Você está com raiva deles?”

Quando a criança está com raiva, ela muito provavelmente nem sabe motivo. Então você precisa explicar o que ela está fazendo, para que ela perceba que não está fazendo algo bom. Ela deve perceber que seus brinquedos não fizeram nada para merecer o seu desprezo e que não são os culpados por sua raiva e, sendo assim, ele não deve fazer isso com eles.

Fonte: eresmama