Início Bem estar 3 hábitos que aumentam as suas chances de desenvolver depressão

3 hábitos que aumentam as suas chances de desenvolver depressão

378
0

Saiba quais são os seus hábitos que aumentam os riscos de desenvolver depressão

A depressão é uma doença grave que necessita de total atenção. Infelizmente, muitas pessoas pensam que ela é uma condição que precisa ser ignorada, acreditando que aqueles que estão deprimidos são fracos e que não se esforçam o necessário para ficar bem. Afirmam que isso é um capricho ou um exagero. Porém, o risco de depressão existe para todos.

A depressão não é uma doença que se “cura sozinha”. Muito pelo contrário: quando os seus efeitos não são tratados no tempo certo, podem levar a um desgaste progressivo e outras doenças mais sérias, tanto físicas como mentais.

O estilo de vida é um fator determinante para nutrir ou superar os estados depressivos. Os hábitos do dia a dia podem influenciar positivamente ou negativamente essa condição. Existem hábitos que fazem com que você se sinta deprimido mais facilmente, enquanto outros possibilitam que os sintomas sejam reduzidos e melhoram o seu humor.

“A depressão é alimentada pelas feridas não cicatrizadas”.

– Penélope Sweet –

Hábitos que aumentam os riscos da depressão

1. Não aproveitar o tempo livre

A rotina, principalmente se você vive na cidade grande, pode gerar um grande desgaste emocional. Diariamente você está exposto a centenas de estímulos, muitos dos quais são agressivos. Nas cidades grandes há uma atmosfera de estresse geral. Você muito raramente encontra um rosto simpático e tudo acontece rapidamente.

O tempo livre não configura apenas um momento de descanso, mas também um tempo especial e necessário para manter a sua saúde mental estável. A questão é que o mesmo ritmo agitado do dia a dia normalmente nos leva a não saber o que fazer durante o nosso tempo livre. Na maioria das vezes, acabamos buscamos quietude e solidão. É verdade que isso contribui para o descanso, mas também alimenta a depressão.

O tempo livre deve ser usado para oxigenar o corpo e a mente. Devemos realizar atividades divertidas e agradáveis; isso revigora a nossa energia física e mental, proporciona vitalidade e melhora o humor.

2. Dormir mal

Não existe nada que nos beneficie mais do que um sono reparador. Quando dormimos, o nosso cérebro utiliza o tempo para se reorganizar e filtrar as informações. Dormir bem faz parte da saúde mental. O descanso é essencial para o corpo e a mente.

Passar a noite “em claro” ou dormir mal prejudica o nosso humor. Quando dormimos mal ficamos mais sensíveis e isso pode facilitar o aparecimento da depressão.

Às vezes, a dificuldade para dormir é causada por problemas que não foram resolvidos e a preocupação se manifesta como ansiedade. Então, quando não descansamos da maneira adequada nos tornamos mais vulneráveis ​​e acaba sendo mais difícil a concentração para resolução dos problemas. Isso se transforma em um círculo vicioso que nos leva à depressão.

3. Parar de cuidar de você

Um dos primeiros sintomas da depressão é a falta de cuidado e amor consigo mesmo. Por vezes, são episódios pontuais que se resolvem de maneira relativamente rápida. Outras vezes, porém, se transformam em um comportamento recorrente.

É claro que não devemos nos preocupar de maneira exagerada com o tudo o que vestimos, comemos ou usamos. Porém, tomar banho, usar roupas limpas e parecer basicamente arrumado faz parte de uma vida saudável. Este comportamento também se estende ao ambiente, já que dentro da aparência pessoal também se relaciona o cuidado com o espaço onde vivemos.

A depressão causa desleixo com a aparência e com a ordem do lugar onde vivemos ou trabalhamos. As pessoas acabam deixando de lado as suas rotinas básicas de higiene. Da mesma maneira, os objetos pessoais e móveis são totalmente negligenciados.

A verdade é que nunca estaremos livres das tristezas e dificuldades. Por vezes, perdemos a alegria na vida e ficamos doentes. Por este motivo, é essencial cuidar e se proteger, para não deixar que em alguns momentos da vida os sentimentos negativos tomem conta do nosso interno e nos afetem emocionalmente. Ter hábitos saudáveis e acabar com hábitos nocivos será sempre o melhor escudo contra o risco de depressão.

Fonte: amenteemaravilhosa