Início Comportamento Você sabia? Falar baixinho com seus filhos em momentos de raiva é...

Você sabia? Falar baixinho com seus filhos em momentos de raiva é mais poderoso do que levantar a voz

1247
0

Você já ouviu falar que quem levanta a voz perde a razão? Pois então…

As crianças são seres curiosos. Eles sempre questionam tudo ao seu redor e tendem a cometer erros ao fazê-lo. Os pais, no entanto, muitas vezes acabam ficando com raiva dos filhos por causa do comportamento deles e em vez de corrigi-los, eles levantam a voz.

Psicólogos que fizeram pesquisas sobre esse assunto argumentam que falar mais baixo com seus filhos quando você está com raiva os fará ouvir mais a você, em comparação com gritar e berrar com eles.

As crianças têm a tendência de levar as coisas para o lado pessoal, e isso terá um impacto negativo em seu crescimento e relacionamento com os pais.

De acordo com psicólogos, existem algumas maneiras de os pais abaixarem a voz ao falar com os filhos. Este método é comprovadamente eficaz para promover uma melhor comunicação e compreensão entre pais e filhos.

1. primeiro lugar, os pais devem usar o tom correto e as palavras adequadas:  É compreensível que os pais tenham dificuldade em controlar suas emoções quando os filhos se comportam mal. No entanto, em vez de atacar impulsivamente, eles podem tentar dizer “Eu te amo muito, mas o que você fez não está certo”.

2. Eles precisam expressar claramente suas expectativas para seus filhos: Por exemplo, se eles estiverem em um supermercado, é melhor estabelecer limites e regras sobre o que eles podem ou não fazer. Isso os ajudará no controle quando receberem instruções claras.

3. Os pais não devem prejudicar a auto-estima de seus filhos: Para você, pode ser apenas uma expressão de insatisfação com seus filhos. Para eles, é uma cicatriz emocional que os impede de enfrentar confrontos. 

Então, que tal melhorar seu relacionamento com seus filhos?

Texto originalmente publicado em gtgoodtimes e adaptado pela equipe do blog Educadores.