Início Bem estar Se você notar isso nas unhas dos pés, verifique seu coração

Se você notar isso nas unhas dos pés, verifique seu coração

268
0

Um dos pontos da nossa saúde que devemos tomar cuidado é o nosso coração. A doença arterial periférica (DAP) é uma condição cardíaca comum, mas grave, que faz com que as artérias se estreitem ao longo do tempo. 

Um estudo de 2005 publicado na revista médica BMC Cardiovascular Disorders descobriu que 33% dos pacientes com DAP morreram dentro de cinco anos após o diagnóstico.

É exatamente por isso que é tão importante observar os sinais de doenças cardíacas menos frequentemente mencionadas. Especialistas dizem que há um sintoma específico pouco conhecido que você pode notar nas unhas dos pés que pode indicar o problema. Vamos conferir melhor sobre isso?

Se as unhas dos pés estão quebradiças e crescem lentamente, faça um check-up cardíaco

A doença arterial periférica (DAP) é uma forma de doença cardiovascular. Ocorre quando depósitos de gordura de colesterol se acumulam nas paredes internas das artérias, um processo chamado aterosclerose. Embora não seja imediatamente fatal, a DAP aumenta a probabilidade de desenvolver outros problemas de saúde do coração, incluindo ataque cardíaco, derrame, doença cardíaca coronária e angina.

Como a PAD afeta mais comumente as artérias das pernas, muitas pessoas com a doença notam sintomas nas pernas e nos pés. Pessoas com PAD geralmente relatam ter “unhas quebradiças e de crescimento lento”. De acordo com os Centros Vasculares dos EUA, isso ocorre porque os capilares localizados sob o leito ungueal precisam de um suprimento de sangue rico em oxigênio para que as unhas cresçam. Como o fluxo sanguíneo é restrito devido ao estreitamento das artérias, o crescimento das unhas dos pés pode diminuir e a cor e a textura das unhas e do leito ungueal podem mudar. 

Outros sintomas de DAP

É importante ficar atento a outros tipos de sinais.  o sintoma mais comum é a dor lancinante intermitente nas pernas, que pode ser leve ou intensa e afetar uma ou ambas as pernas. Muitos pacientes também experimentam cãibras que começam nos dedos dos pés e chegam até as panturrilhas, especialmente ao caminhar ou fazer outra atividade física. Outros sintomas são dormência ou fraqueza nas pernas, úlceras nas pernas e pés, pele brilhante nas extremidades inferiores. Também mudanças na cor da pele nas pernas e disfunção erétil nos homens.

Gerencie seus fatores de risco agora

Sob qualquer suspeita, você deve gerenciar seus fatores de risco. Isso envolve o gerenciamento de quaisquer condições crônicas que você possa ter que o tornem mais propenso a desenvolver DAP, como diabetes, colesterol alto, pressão alta ou doenças cardíacas. Especialistas também dizem que manter um peso saudável por meio de dieta e exercícios pode ajudar a prevenir a DAP e minimizar suas complicações.