Início Comportamento Saiba como lidar com a criança que grita para conseguir o que...

Saiba como lidar com a criança que grita para conseguir o que quer

1623
0

Entenda as razões para que isso aconteça

Os pais sempre precisarão lidar com situações de estresse, completamente delicadas, especialmente quando se trata do comportamento dos filhos. Muitos casos se originam devido à forma com que os pequenos são tratados desde quando eram apenas bebês, como no caso das crianças que gritam.

 As crianças que costumam gritar para conseguir aquilo que querem aprenderam que estes gritos dão poder a elas. Por exemplo, quando a criança grita porque quer alguma coisa e os pais imediatamente dão aquilo que ela deseja. Sendo assim, para acalmar a criança, os pais acabam a satisfazendo.

Quando isso acontece, o cérebro da criança interpreta aquilo como um tipo de regra. Ela registra que gritar é uma atitude benéfica para ela. Registrar isso é instintivo, pois a criança está aprendendo a sobreviver e viver. Portanto, é uma questão lógica que ela entenda o grito atendido como uma saída para qualquer frustração.

Sendo assim, atender ao pedido do filho através de gritos é um encorajamento para que isso se repita por um tempo indeterminado. Porém, nem tudo é negativo. Se os pais mudarem a forma com que lidam com os gritos da criança, a realidade pode se tornar outra.

Como lidar com os gritos?

É importante ressaltar que “devolver” os gritos para a criança realmente não ajudam em absolutamente nada. Pelo contrário! Pode até piorar ainda mais a situação e deixar o comportamento da criança se tornar ainda mais agressivo. Portanto, jamais devolva o grito. Ao invés disso, ignore a situação e mostre que com gritos nada será conversado e nem resolvido.

Dicas efetivas de como lidar:

  • Antes de sair de casa, sempre que possível, verifique se a criança está descansada, alimentada e de que tudo que ela precisa você estará levando.
  • Evite levar a criança em lugares quentes e abafados, íntimos ou formais demais para jantar. Escolha ambientes frequentados por outras famílias. Assim, se a criança iniciar o seu “show” você não ficará tão envergonhado.
  • Seja paciente se a criança gritar de alegria. Tente não comentar e nem criticar. Mas se os gritos estão demais e está incomodando, baixe o tom de voz para que ela precise se acalmar para ouvir você.
  • Realize brincadeiras para que a criança possa gritar e extravasar a sua necessidade de gritar. Diga: “Vamos gritar o mais alto possível”, e depois se junte a ela para rasgar alguns papéis. Logo depois, convença-a a diminuir o volume dizendo: “Agora é hora de ver quem sabe falar bem baixinho”. É importante esclarecer que esta brincadeira deve ser feita em casa, de forma que não perturbe as demais pessoas.
  • Tente sempre compreender os sentimentos da criança, pois, muitas vezes, eles gritam por carência, para que tenham a sua atenção.
  • Observe a criança para identificar se ela está cansada. Respeite isso e a conforte.
  • Jamais ceda aos pedidos gritados. Permaneça firme, mesmo que o “show” aconteça em um local público. Além disso, explique a criança o motivo dela não conseguir o que deseja.
  • Mantenha a criança ocupada, para que ela não fique entediada.
  • Caso você não esteja sabendo lidar com esta situação e está passando por dificuldades, procure um especialista em terapia infantil, pois este profissional poderá acompanhar e tratar o caso devidamente.