Início Bem estar Recém-nascido: Dormir de barriga para baixo é perigoso ou normal?

Recém-nascido: Dormir de barriga para baixo é perigoso ou normal?

307
0

Dormir de barriga de um recém-nascido: perigoso ou normal?

A criança demonstra excelente apetite, faz caretas doces, dorme com o nariz no travesseiro. Tudo parece estar bem, mas muitos pais estão preocupados com o último momento. Esse medo costuma ser alimentado pelas palavras de várias avós, porque “a criança pode sufocar”. Um bebê pode dormir de bruços?

Dormir de barriga de um recém-nascido: perigoso ou normal?

A primeira e mais perigosa desvantagem é a síndrome da morte súbita infantil. Conforme estabelecido pelos médicos, em casos raros, uma criança pode parar de respirar por dormir com o rosto em um travesseiro. A respiração nessa idade ainda é fraca, as fossas nasais são muito limitadas, a criança ainda não torce muito o rosto. Também pode dificultar a respiração e apresentar crostas ou muco no nariz. Os pediatras recomendam cautela neste caso.

Cuspir é outro problema. Após a alimentação, o bebê geralmente cospe. Os pais devem proteger a criança de engolir o vômito a tempo. No entanto, a posição prona é menos segura a esse respeito.

Compressão do peito. Outra razão pela qual dormir de bruços é perigoso é a compressão do esterno. No entanto, esta opinião é injustificada. Se o bebê mediu a respiração, nada o ameaçava. Se você tem seus próprios medos, consulte seu médico.

VANTAGENS DO SONO AINDA

Na posição de barriga para baixo, o bebê fica melhor e fica sem gases. Portanto, esta posição é recomendada para recém-nascidos. Ajuda a reduzir as cólicas.

Dormir de bruços reduz a pressão nas articulações. Como resultado, os ossos não são deformados.

A posição fetal ajuda a melhorar a circulação sanguínea, pois é natural para o bebê.

Nesta posição, a criança não vai engasgar com o vômito que vem após a alimentação.

REGRAS DE SEGURANÇA PARA O SONO DO BEBÊ

Nos primeiros meses, os pais devem decidir por si próprios como o bebê adormecerá. Vale lembrar que qualquer posição pode ser perigosa para o bebê. Se uma criança dorme de lado, ela pode desenvolver displasia pélvica. Ao dormir de costas, pode haver problemas associados ao desenvolvimento anormal dos ossos do crânio. Dormir de barriga para baixo, como mencionado acima, leva ao perigo de asfixia. Esses casos são raros, sua probabilidade é muito pequena, mas você ainda precisa ter cuidado.

Dormir de barriga de um recém-nascido: perigoso ou normal?

COMO MINIMIZAR RISCOS:

O local de dormir do bebê deve ser o seguinte: colchão firme, sem travesseiros. Tudo isso ajudará a criança a respirar calmamente pelo nariz.

Se você está atormentado pelo medo, pode colocar o bebê de lado e colocar algo macio sob a barriga. Como resultado, a posição do recém-nascido será fixa.

Durante o dia, você pode colocar o bebê de bruços. Logo você verá que os músculos abdominais e das costas da criança começaram a se fortalecer.

Após a alimentação, deve-se segurar o bebê na “coluna” dos braços. Isso ajudará a remover o excesso de ar e, portanto, durante o sono, o recém-nascido não cuspirá.

Limpe o muco das passagens nasais do seu bebê. Tente se certificar de que há sempre um microclima ideal no quarto com o bebê – um regime de temperatura de cerca de 23 graus com umidade suficiente.

Até um mês, o recém-nascido geralmente dorme de lado. Aí já pode estar virado de bruços. Com o tempo, a criança vai escolher as posições de dormir mais adequadas para ela. Nesse ínterim, você só precisa se certificar de que o sono é totalmente confortável e seguro.

Saúde para você e seu bebê!

FONTE

zen.yandex.