Início Bem estar Não tenha medo de cortar relacionamento tóxicos com familiares.

Não tenha medo de cortar relacionamento tóxicos com familiares.

619
0

A família é um elo importante para muitas pessoas; no entanto, esse elo às vezes pode ser mais prejudicial do que o esperado.

E é para a sociedade que a família representa a base fundamental, inigualável e insubstituível de qualquer pessoa. No entanto, às vezes, o vínculo familiar pode causar mais dor à sua alma e mente do que o esperado com esse vínculo.

É precisamente por esse motivo que, apesar dos danos que seus familiares podem causar, afastar-se deles e ignorar seus problemas e dificuldades representa uma tarefa inimaginável.

Apesar de difícil, você deve aprender a perder o medo de marcar distância daquelas pessoas (familiares, amigos, casais), que afetam negativamente sua saúde emocional e mental. Afinal, com o tempo, você descobrirá que a família às vezes não exige o compartilhamento de laços de sangue.

Como você pode encontrar relacionamentos tóxicos em sua família, em seus amigos, colegas de trabalho ou parceiros. E, apesar da importância que esses indivíduos têm em sua vida, você deve priorizar sua saúde e estabilidade, portanto, liberte-se de todos os links que o impedem de seguir em frente.

Família tóxica: um elo que você deve evitar
Para muitas pessoas, afastar-se das pessoas que causam dano ou dor é uma tarefa difícil de realizar sem sentir dúvidas ou arrependimentos. Especialmente quando a família faz parte de um relacionamento abusivo e destrutivo.

Esse caso é frequentemente observado quando pais ou membros de sua família imediata, como irmãos, avós ou tios, são a fonte de dor e sofrimento. Como, ao compartilhar um vínculo estreito, fica mais difícil estabelecer uma distância prudencial que permita que você se liberte dessas cadeias restritivas.

Reconhecer os membros tóxicos de sua família é mais fácil do que você pode imaginar. Por serem indivíduos que tendem a fazer comentários negativos sem motivo ou propósito, incentivam suas inseguranças e frequentemente lembram os erros cometidos.

Para esses membros de sua família, cada uma de suas ações segue o motivo errado e somente elas possuem o motivo no momento da discussão. Mesmo julgando cada um dos seus movimentos, o que eventualmente deteriora sua estabilidade mental e emocional.

Lembre-se de que as críticas devem ter uma natureza construtiva e não destrutiva; portanto, se sua família atender a essas condições, talvez seja hora de marcar seu próprio caminho, por mais difícil que seja no início, você será recompensado.

Fonte: https://ignisnatura.org/