Início Destaque Esta escola de ensino médio abriu uma mercearia no campus – e...

Esta escola de ensino médio abriu uma mercearia no campus – e os alunos pagam com boas ações

611
0

Um supermercado exclusivo foi criado em uma escola de ensino médio do norte do Texas, onde o custo dos alimentos básicos é uma boa ação. Isso mesmo: não é em dinheiro, e sim em boas ações que os alunos pagam pelos produtos!

O empreendimento foi estabelecido com a ajuda dos Ministérios Texas Health, Albertsons e First Refuge e tem sido ótimo para os alunos, famílias e professores que formam a comunidade unida da Linda Tutt High School em Sanger, Texas.

Os alunos compram produtos por meio de um sistema de pontos. A moeda é baseada em critérios de preenchimento, como ajudar a limpar em torno da escola e formas de reforço positivo.

“Muitos de nossos alunos vêm de famílias de baixo nível socioeconômico”, disse o diretor da escola Anthony Love em uma entrevista à CBS . “É uma maneira de os alunos ganharem a oportunidade de fazer compras para suas famílias. Por meio de trabalho árduo, você pode ganhar pontos por referências positivas ao escritório. Você pode ganhar pontos por fazer tarefas ao redor do prédio ou ajudar na limpeza. ”

Além das boas ações que fazem, os alunos acabam aprendendo, com isso, de tudo um pouco: matemática e gerenciamento de suprimentos até atendimento ao cliente e uma sólida ética de trabalho.

“Todos nós tivemos nossos primeiros empregos e isso nos ensinou como trabalhar e o que você ganha com seu trabalho”, disse o prefeito de Sanger, Thomas Muir. “Acho que isso fará isso por eles também, e [também] atenderá a uma necessidade imediata.”

Hunter Weertman, o gerente estudantil do supermercado, diz que já aprendeu habilidades importantes para a vida, como fazer orçamento e fazer boas escolhas de gastos com base no que você tem.

Todos os envolvidos nesse projeto esperam que esta boa mercearia possa servir como um programa piloto para outras pequenas comunidades onde a insegurança alimentar se tornou muito comum modo de vida.

Texto originalmente publicado em goodnewsnetwork e adaptado pela equipe do blog Educadores.