Início Comportamento Entenda o motivo de sentirmos cócegas

Entenda o motivo de sentirmos cócegas

1092
0

Para alguns as cócegas fazem parte de uma relação social, para outros elas são uma verdadeira tortura

As cócegas temidas por muitas pessoas. Normalmente não são agradáveis e nos geram um certo pânico, um sentimento desconfortável. Mas por qual motivo isso aconteceria?

A sensação que sentimos quando sentimos cócegas ainda é muito complexo e envolve inúmeros fatores neurológicos e sensoriais.

Alguns cientistas acreditam que as cócegas nos geram sensação de terror e uma necessidade inevitável de defesa. Isto se deve ao nosso instinto de sobrevivência, que quer distância de qualquer toque forçado, como se um animal estivesse tocando a nossa pele (aranhas ou outros insetos perigosos). Outros cientistas acreditam que as cócegas têm um importante papel social.

Um argumento relevante é que nós rimos pois sabemos que estamos sendo tocados por um ser humano, pois se soubéssemos que as cócegas são oriundas de um animal agiríamos diferentes.

E por qual motivo, afinal, não conseguimos fazer cócegas em nós mesmos? O motivo estaria relacionado com o nosso controle motor cerebral, já que o movimento que você faz já é esperado por você mesmo. Ou seja, não há perigo ou surpresa. Sendo assim, o nosso cérebro fica sobreaviso e bloqueia as sensações de medo.

Para o neurocientista americano, Robert Provine, as cócegas fazem parte da nossa relação de vínculo com o outro e ela seria capaz de fortalecer relações. Inclusive, ele afirma que a cócega é uma das primeiras formas de comunicação entre os bebês e os pais.

Conforme o psiquiatra norte-americano Donald Black, as áreas onde mais sentimos cócegas são no pescoço e nas costelas, cujas partes são as mais vulneráveis e as mais vitais em um combate. Para ele as cócegas feitas pelos nossos pais nestas regiões é uma forma natural e inconsciente de ensinar seus filhos a defenderem as partes vitais do seu organismo.

E você? O que acha? Gosta de sentir cócegas?