Início Bem estar Dinamarca livre de pesticidas: Procurará se estabelecer como o primeiro país 100%...

Dinamarca livre de pesticidas: Procurará se estabelecer como o primeiro país 100% orgânico do mundo a partir de 2020.

519
0

O objetivo da Dinamarca de se tornar o primeiro país orgânico do mundo para o próximo ano parece um sonho inatingível e utópico para muitas pessoas e nações.

Principalmente porque desde a sua criação, pesticidas e outros produtos similares têm sido uma parte fundamental do processo agrícola. Um modelo tradicional, que a Dinamarca pretende modificar usando os avanços tecnológicos e cuidando do meio ambiente como prioridade.

Os métodos tradicionais de cultivo exigem a participação de pesticidas, apesar dos efeitos negativos que esse tipo de produto químico tem no planeta.

Quanto ao objetivo da Dinamarca, isso representa algo bastante difícil de acreditar, pois até o momento não existe um modelo 100% orgânico. Isso se deve ao fato de que sempre foram necessários produtos químicos para proteger ou incentivar o cultivo.

Dinamarca: um país com grande consciência ambiental

Apesar das críticas e comentários contra a proposta, a verdade é que o sistema de produção livre de pesticidas tentará se tornar realidade para a Dinamarca a partir de 2020.

E é que o país escandinavo é atualmente um dos países modelo em questões de conscientização ambiental, bem como no desenvolvimento, produção e marketing orgânico.

A Dinamarca, anteriormente em 2015, investiu 35 milhões de euros para melhorar o sistema nacional de produção agrícola. Com o objetivo de alcançar em um futuro próximo, uma terra principalmente orgânica, livre de produtos químicos perigosos para a saúde humana e o meio ambiente.

No entanto, a data de início deste plano, pois é um compromisso que a Dinamarca mantém há mais de 25 anos, deverá ser marcada para breve pois precisa adaptar seus planos aos avanços tecnológicos, às novas tendências ambientais e até ao desenvolvimento de leis para proteger a natureza.

Cada uma dessas ações acumuladas ao longo dos anos busca uma meta que já faz parte da consciência nacional. Trata-se de obter 60% de alimentos em escolas, hospitais e cantinas de origem orgânica.

Fonte: https://ignisnatura.org/