Início Ciência Confirmado pela ciência: cães sabem se uma pessoa é má ou não

Confirmado pela ciência: cães sabem se uma pessoa é má ou não

1530
0

Nossos amigos de 4 patas podem auxiliar e muito no nosso dia a dia: além de nos fazerem mais felizes, os cães são donos de uma inteligencia absurda quando se trata de animais, e muitas pesquisas já comprovaram que podem ter sentimentos semelhantes aos humanos, e identificar rostos tristes e irritados. Socialmente falando, seu cão pode te dar alguns sinais sobre pessoas más por perto, e é importante estar atento.

Uma pesquisa recente mostrou que os cães são capazes de destinguir atos enganosos. Em um estudo publicado na revista Animal Cognition, uma equipe liderada por Akiko Takaoka da Universidade de Kyoto no Japão apresentou 34 cães e três rodadas onde os humanos apontavam para algum objeto que eles deveriam explorar.

Na primeira rodada, os humanos apontaram para um recipiente que continha comida escondida. Na segunda, para um recipiente que de fato estava vazio – embora também não fosse possível ver. Na terceira rodada o humano apontou novamente para aquele que possuía comida, mas desta vez os cães não responderam. De acordo com Takaoka, a experiência de ser enganados pelo humano é usada pelos cães na avaliação do dono – se ele é confiável ou não. Depois destas 3 indicações, outro humano repetiu o processo e logo na primeira rodada os cães já demonstraram interesse (afinal, era outro pesquisador).

“Eles têm uma inteligência social mais sofisticada do que pensamos, que evoluiu seletivamente em sua longa história ao lado dos seres humanos“. Diz Takaoka. No fim, o estudo destacou que os cães são atraídos por coisas previsíveis.

“Cães cujos proprietários são inconsistentes com eles geralmente têm transtornos comportamentais”. Ter demonstrado interesse em um outro humano que faria as mesmas coisas que o anterior é o que explica o fascínio dos animais por coisas novas: “Os cães são quase um banco de dados de gestos”, disse Bradshaw da Universidade de Bristol, “é por isso que o segundo pesquisador foi mais confiável porque o primeiro os decepcionou e eles lembraram”.

Os cães não tem reflexões profundas sobre acontecimentos, mas possuem sensibilidades e inteligencia que permitem que ele resgate memórias e saiba que determinado gesto não é confiante. Se você engana seu cachorro nas brincadeiras, em algum momento ele vai se dar conta e não vai mais cair na sua. Isso acontece por que ele percebeu que você o está enganando e já não confia naquele seu ato.

Portanto se o seu cão é amigável mas age de maneira controversa com alguém, fique atento. Essa pessoa pode ter atos desconfiáveis.

Texto originalmente publicado em contioutra e adaptado pela equipe do blog Educadores.