Início Comportamento Como os animais de estimação influenciam na educação dos filhos?

Como os animais de estimação influenciam na educação dos filhos?

1060
0

Criar filhos não é uma ciência fácil. Como é importante incutir no bebê o respeito pelo mundo ao seu redor desde a primeira infância, mostrar-lhe o que é a verdadeira amizade, os animais de estimação podem ser bons aliados nisso.  

Animais e a formação do caráter da criança

Você sabia que em famílias com animais de estimação as crianças aprendem mais rapidamente o que é responsabilidade? Para isso, basta você envolver o bebê em atividades de cuidado de animais desde tenra idade (5-6 anos). Você pode começar com o mais simples, por exemplo, oferecer-se para colocar a comida na tigela pela manhã.

Cuidando de um animal de estimação, a criança aprenderá paciência, organização, diligência. Ele sentirá que lhe foi confiado um assunto importante e tentará justificar essa confiança. Isso desenvolve a independência e o senso de responsabilidade. 

Além disso, os animais também ajudam seu filho a desenvolver inteligência emocional. A comunicação com um animal de estimação amado dá alegria e amor à criança, ensina verdadeira amizade, compaixão, cuidado, assistência mútua. Está provado que as crianças que têm um amigo de quatro patas são mais sociáveis ​​e é mais fácil para eles entrar em uma nova equipe, encontrar amigos.

Animais e saúde infantil

A era tecnológica tem feito nossas crianças mudarem seus hábitos na infância. Hoje muitas delas passam mais tempo jogando jogos no telefone celular do que correndo na rua, brincando ao ar livre. Nesse caso, os animais de estimação também podem auxiliar.

Por exemplo, a necessidade de passear com o cachorro vai agitar até o mais preguiçoso viciado em televisão. Crianças em idade escolar e adolescentes vão lidar bem com a tarefa de passear com o cachorro. A princípio, será seu dever, e então o dever se tornará silenciosamente um passatempo favorito.

E mais um fato interessante: está provado que se a família de um recém-nascido tiver animais de estimação (2 ou mais), o risco de uma possível alergia é reduzido em 75%. Esta regra é válida apenas na condição de que a comunicação com os animais comece no primeiro ano de vida.

Animais e a inteligência da criança

Outra vantagem para os bebês que brincam com gato ou cachorro desde os primeiros meses de vida são os grandes saltos no desenvolvimento intelectual. Animais de estimação ajudam o bebê a aprender sobre o mundo ao seu redor. A percepção sensorial é especialmente bem desenvolvida, por exemplo, quando um bebê acaricia um gato. O pensamento lógico também está ativo: por exemplo, um gato mia – significa que ela quer comer. As crianças pequenas tentam imitar os animais, repetir sons depois deles, aprender a engatinhar mais rápido.

Às vezes, os pais subestimam a contribuição que os animais de estimação dão à vida de seus filhos. Não seja um desses pais: olhe para os animais com mais carinho e agora sabendo que são importantíssimos para o desenvolvimento das crianças.

Texto originalmente publicado em kreativlife e adaptado pela equipe do blog Educadores.