Início Comportamento Avó que aprendeu a ler e escrever aos 96 anos quer continuar...

Avó que aprendeu a ler e escrever aos 96 anos quer continuar os estudos

1544
0

Lupita Palacios é a prova viva de que nunca é tarde para aprender e se aperfeiçoar. Ela é uma avozinha, matriarca da comunidade indígena Vicente Guerrero no estado de Chiapas, no sul do México. Aprendeu  a ler e escrever aos 96 anos, realizando um sonho de toda uma vida.

Aos 95 anos, dona Lupita resolveu retomar seus estudos. Passou décadas sem ir à escola, e agora tem como maior objetivo finalizar o ensino médio. “Pouco a pouco estou aprendendo a ver como posso servir a esta terra sagrada  ”, comentou ela. “Em seis meses, terminei o ensino fundamental, e lá os professores me motivaram a querer saber, ler, escrever e aprender coisas novas  ”, completou, ainda sorrindo.

Dona Lupita diz ter perdido o interesse em educação pois seus pais diziam que  “a escola era só perda de tempo”  , e isso aumentava seu desinteresse e motivação na época. Depois de largar a escola Lupita começou a trabalhar como comerciante e doméstica.

Lupita progrediu na escola até terminar a alfabetização. Tornou-se um grande exemplo para seus filhos e netos. 

“Sinto-me muito bem, como podem ver. Como eu disse antes, estou aprendendo lentamente a ver como posso servir neste solo sagrado aos 96 anos de idade. A realidade é que quero continuar a estudar, continuar a conhecer a lei da vida  ”, concluiu a quase centenária idosa.

Texto originalmente publicado em sain-et-naturel.ouest-france e adaptado pela equipe do blog Educadores.