Início Bem estar 8 comportamentos que farão os outros se sentirem mais seguros perto de...

8 comportamentos que farão os outros se sentirem mais seguros perto de você

445
0

Muita gente gosta de receber bem as pessoas. Mas nem sempre essas pessoas sabem exatamente o que devem fazer para serem, de fato, gentis e receptivas. Uma das tarefas que essas pessoas precisam cumprir é fazer com que os demais se sintam seguros próximos delas, pois a segurança é uma base que consolida relacionamentos. Quem tem segurança em você, confia em você e te respeita.

Hoje vamos mostrar 8 comportamentos que farão as pessoas se sentirem mais seguras perto de você. Vamos lá?

1. COMECE COM UM TERRENO COMUM

 Quando você estiver conhecendo outras pessoas pela primeira vez e quiser que elas se sintam confortáveis ​​e seguras falando com você, comece tentando encontrar um terreno comum.

Por exemplo, você pode falar sobre essas coisas:

  • De onde vocês são; você terá mais o que falar se você cresceu em uma área semelhante e foi a lugares semelhantes quando era criança
  • A música que você gosta; 
  • Lugares para os quais você já viajou; a maioria das pessoas gosta de falar sobre suas experiências de viagem e ficará mais feliz em falar sobre algum lugar onde você também esteve;
  • Quais times esportivos você apoia; existe uma camaradagem inata entre os fãs de esportes!
  • Programas, filmes, livros ou outras mídias que você consumiu. Há muitas coisas para discutir quando se trata de mídia de que vocês dois gostam
  • Eventos atuais; a maioria das pessoas está um tanto ciente dos eventos recentes e você pode criar laços com outros neutros.
  • Qualquer dúvida potencialmente incomum sobre preferências, você ficaria surpreso como discutir os sabores favoritos de sorvete ou números da sorte pode levar a um terreno comum.

2. SEJA CONFIANTE

A confiança pode ser intimidante, mas também pode fazer com que os outros se sintam seguros perto de você. Ser capaz de mostrar desde o início que você é uma pessoa confiante diz às outras pessoas que você tem tudo sob controle. Isso pode ajudá-los a se sentirem mais seguros ou confortáveis. Você pode se comportar com confiança ao conhecer alguém pela primeira vez:

  • Fazendo contato visual ao falar ou ouvir, em equilíbrio
  • Apertando a mão com firmeza
  • Em pé e com uma postura positiva
  • Sorrindo de maneira genuína
  • Iniciar uma saudação sempre que possível
  • Apresentando-se com clareza e perguntando o nome dele também
  • Manter uma postura aberta (não cruze as pernas nem esconda o rosto com as mãos)

3. SORRIA

Sorrir é uma ótima maneira de fazer alguém se sentir seguro e confortável. É o sinal universal de bem-estar. Isto é porque sorrir é contagiante, então quando você sorri, outras pessoas automaticamente sorriem também, mesmo quando não necessariamente querem. Além disso, sorrir estimula o pensamento positivo e  encorajar os outros a sorrir os ajudará a se sentirem mais seguros perto de você.

4. DESACELERE

Você já se viu parado sem jeito enquanto as palavras de alguém saem de sua boca a mil por hora, arruinando sua capacidade de compreendê-las? É difícil se sentir confortável perto de alguém que você não consegue entender dessa maneira, porque você pode não saber como pará-lo ou retardá-lo.

Este conceito se aplica a você. Sim, é maravilhoso ver como as pessoas podem ficar apaixonadas quando falam sobre coisas que amam, mas fica muito mais forte quando você acaba de conhecer alguém. Aqui estão algumas maneiras pelas quais sua velocidade pode estar afetando as coisas:

  • Você pode ficar animado quando tem uma faísca com outras pessoas, fazendo com que fale rápida ou intensamente.
  • Você pode resmungar ou ter problemas para falar claramente ou em voz alta, o que significa que ir rápido demais torna muito difícil para qualquer pessoa ouvir sua mensagem.
  • Talvez você possa fornecer muitas informações em um ponto sem diminuir o ritmo, fazendo com que os outros se sintam oprimidos e em pânico.
  • Você pode se tornar difícil de entender quanto mais rápido você vai, e outras pessoas podem não se sentir confortáveis ​​tentando pedir que você se repita.

5. ESPELHAMENTO

O espelhamento é uma maneira bastante interessante e um tanto sorrateira de encorajar outras pessoas a se sentirem seguras e confortáveis, tanto perto de você quanto em geral. Envolve o ato de imitar sutilmente as ações e a postura de um indivíduo por meio da linguagem corporal, o que o relaxará mesmo que ele não saiba o porquê.

Indique que você está ouvindo, fazendo contato visual e acenando com a cabeça quando a outra pessoa falar. Mostre que você está interessado em entendê-los e realmente tente – o espelhamento funciona melhor quando você realmente mostra interesse genuíno.

Como a outra pessoa está falando? Que tom eles estão usando? Que tipo de linguagem? E em que ritmo? Ao falar, tente imitar a velocidade geral e o estilo de voz deles e use o vocabulário apropriado para a conversa.

Sutilmente, escolha alguns gestos de vez em quando para imitar. Faça isso sem mostrar que você os está copiando abertamente – torne-o casual! Quando eles baterem no queixo, espere alguns segundos e copie o movimento. Quando eles mudarem de peso, mude o seu também.

7. ENVOLVA-SE NA NARRATIVA

A narração de histórias envolve as pessoas e é uma forma útil de iniciar uma conversa, especialmente entre as pessoas mais caladas ou aquelas que não sabem o que dizer. Também é um excelente ponto de partida para futuros tópicos de discussão.

Você pode tentar um dos seguintes iniciadores de conversa :

  • Conte uma história verdadeira que aconteceu com você; tente optar por contos alegres ou engraçados em vez de contos sérios ou sombrios
  • Conte piadas que você aprendeu, especialmente aquelas um pouco mais longas e envolventes
  • Fale sobre uma história, programa ou filme legal que você viu recentemente e conte aos outros por que você gosta dele
  • Colete histórias de outras pessoas e passe-as para novas pessoas
  • Fale sobre uma notícia que você leu recentemente; novamente, tente optar por alegres!

8. USE NOMES PRÓPRIOS

Embora não se aplique a todas as situações, na maioria dos ambientes mais casuais, você terá a capacidade de escolher entre o nome ou o sobrenome de alguém ao se dirigir a alguém. Contanto que a outra pessoa esteja de acordo com isso, seria melhor se você tentasse usar os primeiros nomes para criar uma atmosfera mais direta e segura.

Esperamos que essas dicas ajudem você a se relacionar melhor!

Texto originalmente publicado em powerofpositivity e adaptado pela equipe do blog Educadores.