Início Comportamento 10 comportamentos que revelam uma pessoa autoritária

10 comportamentos que revelam uma pessoa autoritária

1011
0

Você pode conhecer alguém no trabalho ou na escola que seja autoritário. Sua agressividade e arrogância tornam difícil se relacionar com eles. Antes de desistir deles, pode ser útil entender o que os leva a fazer o que fazem. Aqui estão alguns outros comportamentos que revelam que alguém é uma pessoa autoritária.

1 – ELES ESTÃO CONTROLANDO

Uma pessoa autoritária insiste em estar no comando.  Eles podem estar tão ocupados alcançando os objetivos que se esquecem das pessoas ao seu redor. 

Além disso, uma pessoa autoritária pode ficar com raiva quando os outros não concordam com seus planos. Estudos mostram que as pessoas controladoras costumam ter sucesso em suas carreiras. Isso parece uma coisa boa em um nível, exceto que seu sucesso geralmente ocorre às custas das pessoas. 

2 – ELES DÃO CONSELHOS MESMO QUE NINGUÉM PERGUNTE

Uma pessoa autoritária presume que você deseja o conselho dela. Eles não percebem ou entendem as pistas sociais que indicam que suas idéias não foram apreciadas. Pessoas arrogantes podem ser confiantes e, sem perceber, eles fazem as pessoas ao seu redor se sentirem intimidadas.

3 – É TUDO SOBRE ELES

Quando uma pessoa é autoritária, ela pode ouvir por um tempo, mas depois circunda a conversa para si mesma. Eles podem estar excessivamente ansiosos para falar sobre si mesmos. Afinal, é tudo sobre eles. 

4 – ELES SÃO RÁPIDOS PARA PULAR COM SEUS PENSAMENTOS

Como fazer as conversões girarem de volta para si mesmas, uma pessoa autoritária é rápida para pular em conversas com seus pensamentos. Eles ficam entusiasmados, cortando as pessoas para compartilhar suas ideias. É como um hidrante de pensamentos jorrando tão rápido que as outras pessoas não conseguem dizer uma palavra de outra forma. 

5 – ELES MARCAM PONTOS

Todo mundo conhece alguém que gosta de marcar pontos. Eles se lembram de todas as coisas que fizeram por você e o acusam de não ter contribuído na mesma medida. É como se eles tivessem um score gigante para controlar o que você dá a eles o que eles querem. 

6 – EMPURRAM VOCÊ PARA SE COMPROMETER

 A insistência nunca é atraente. Ser forçado a concordar ou se comprometer com algo que você não quer é intimidante. Pessoas que fazem isso sentem a necessidade de controlar os outros para sua auto-estima. Pessoas arrogantes não conseguem imaginar por que nem todos concordam com elas. Em vez de perguntar, eles dizem às pessoas o que fazer. 

7 – ELES NÃO ESCUTAM

Uma pessoa autoritária normalmente não é um bom ouvinte. Basicamente, eles não têm tempo para ouvir os outros e não vêem por que deveriam ouvir. Quando uma pessoa é autoritária, seu rosto e tom transmitem um sentimento de superioridade, em vez de compaixão e desejo de ouvir.

 8 – ELES DECIDEM TUDO

Você já teve um amigo que tomava todas as decisões quando vocês saíam juntos? Não é surpreendente que uma pessoa autoritária não tenha muitos amigos porque eles insistem em tomar todas as decisões. Eles se esquecem de que outras pessoas têm opiniões ou não se importam. 

9 – ELES NÃO FAZEM PERGUNTAS

Pessoas arrogantes geralmente não fazem perguntas porque não têm tempo para aprender as opiniões ou ideias dos outros. Eles desvalorizam as opiniões dos outros, fazendo com que as pessoas se sintam desrespeitadas. 

10 – NÃO PERCEBEM O QUE ESTÃO FAZENDO

Pessoas arrogantes não são os tipos mais auto-reflexivos. Por causa disso, eles podem não entender como afetam as pessoas.  Eles estão presos em seus próprios objetivos e ambições. Eles também têm uma percepção de si mesmos e, mesmo que seja distorcida, pode ser difícil persuadi-los do contrário. 

Pessoas autoritárias você pode encontrar em qualquer lugar. Aprender como lidar com eles e com todos os seus comportamentos fortes é uma habilidade para a vida. Então saiba identificar pessoas nesse estilo e aprenda a lidar com elas, para o sue bem e o bem do ambiente em que você está inserido – trabalho, escola, em casa, etc.

Texto originalmente publicado em powerofpositivity e adaptado pela equipe do blog Educadores.