Início Comportamento Teste de Szondi com retratos que revelarão seu eu mais oculto

Teste de Szondi com retratos que revelarão seu eu mais oculto

204
0

O teste foi elaborado no século 20 pelo psiquiatra húngaro Leopold Szondi, com o objetivo de explorar os lados mais sombrios e obscuros das pessoas conforme e aversão ou simpatia pela foto de psicopatas.

Veja, antes do teste, alguns termos de psicologia que você precisa entender antes do teste:

  • Repressão : segundo o conceito psicanalítico, este é o mecanismo de defesa psicológico mais importante de que dispomos. Sua função mais importante é transferir pensamentos e desejos que nos incomodam para o nosso inconsciente.
  • Negação: É  um processo mental pelo qual rejeitamos absolutamente nossos desejos mais profundos (ou seja, as coisas que queremos), adotando o padrão exatamente oposto de comportamento desejado.
  • Sublimação : o processo de transferir nossas escolhas, estados ou comportamentos reprimidos para aqueles que são socialmente aceitáveis ​​ou úteis, como atividades artísticas, hobbies, escolhas de carreira, pequenos hábitos inofensivos, etc.

Instruções para o teste:

Olhe os retratos dessas oito pessoas e escolha aquele que você nunca gostaria de ver à noite no escuro. Em seguida, leia a interpretação que corresponde ao número do retrato que você escolheu.

RESULTADOS

1. Sádico

Repressão:  Você pode ter reprimido algumas experiências de infância associadas ao autoritarismo em seu comportamento, uma necessidade de dominação e uma propensão para más intenções.

Negação: É provável que você seja uma pessoa completamente inofensiva e pacífica, sempre pronta para ajudar os outros. Muitas vezes, quando você tem que se defender, você escolhe resistência passiva e desafio, o que, a longo prazo, exaure os criadores de problemas.

2. Epiléptico

Repressão: Quando falamos sobre transtornos de personalidade associados a doenças cerebrais, danos e disfunções (como ocorre em alguns casos de epilepsia), algumas das características diagnósticas podem ser impulsividade, irritabilidade, explosões de raiva e agressão. É provável que no início de sua infância você tenha reprimido alguns desses sentimentos e comportamentos em seu subconsciente.

Negação: você provavelmente é uma pessoa gentil e pacífica. Por ser dócil e amigável, você dá a impressão de ser uma pessoa responsável e com autocontrole. Você é estável em seus sentimentos e se relaciona facilmente com pessoas, idéias e objetos.

3. Catatônico

Repressão:  Se esse cavalheiro com a barba por fazer, mas sorridente, lhe causou sentimentos negativos, você pode ter suprimido a hiperatividade de sua mente, que poderia fazer você perder o contato com a realidade se não tivesse sido transferida para o inconsciente dele.

Negação: você tende a adotar comportamentos estereotipados e não gosta de inovações e mudanças. Talvez você seja o tipo de pessoa tímido, que acha particularmente difícil se ajustar a novas situações. 

4. Esquizofrênico

Repressão:  Se esse rosto e o olhar impassível de pôquer lhe deram arrepios, é provável que você tenha reprimido um sentimento de indiferença em relação aos outros e aos acontecimentos no início de sua infância.

Aviso: Você provavelmente é uma pessoa bastante sociável. Você acredita em socializar e se comunicar com outras pessoas, gosta de seus amigos e sai com frequência. A sociabilidade engana bastante e talvez esconda uma pessoa isolada que vive com a sensação de estar sempre sozinha. 

5. Histérico

Repressão: Alguns traços de personalidade de pessoas histéricas são emoções superficiais e instáveis, narcisismo e exibicionismo. Se você escolheu essa estranha mulher de pálpebras pesadas como a pessoa que mais o assusta, pode ser porque suprimiu um desejo insaciável de cativar a atenção e uma sede de aprovação.

Negação:  Você pode dar a impressão de ser uma pessoa modesta com uma interioridade intensa. No entanto, na realidade, você parece uma pessoa quieta e tímida, pode ter um desejo irresistível e excessivo de encantar os outros. Você cuida meticulosamente de sua aparência e comportamento. Por exemplo, você sempre tenta estar elegante e bem vestido, complementando suas roupas com acessórios que chamam a atenção de outras pessoas.

Sublimação: Essas pessoas provavelmente escolherão uma profissão ou hobby estranho e bizarro.

6. Depressivo

Repressão: falta de autoestima, sentimento de inferioridade e culpa são os principais sintomas da depressão. O fato de ser inofensivo é a personificação da aversão a você pode significar que você é uma pessoa profundamente deprimida que consegue controlar esses sintomas.

Negação: talvez você seja uma pessoa extrovertida e despreocupada. Você sempre mostra dinamismo, confiança e otimismo. Às vezes, é claro, você fica com raiva e pode manifestar distimia e melancolia (” síndrome do palhaço triste “). Você também pode ser desconfiado e mal-humorado.

Sublimação: é muito provável que você mude suas tendências depressivas para assumir o papel de psicólogo de todos, buscando soluções para os problemas dos outros.

7. Maníaco

Repressão: algumas características diagnósticas da mania são extroversão, superestimulação, superestimação de si mesmo e desperdício de dinheiro e emoções. Se você achar esse rosto gentil nojento, provavelmente significa que existe um tipo de emoção dentro de você que, se não fosse controlada, o transformaria em um fanático místico.

Negação: É muito provável que você seja uma pessoa que não quer provocar com seu comportamento e que detesta ruídos, extremos e excessos. Você é um exemplo de discrição, moderação e medida. Sendo lógico e econômico, você sempre tem um comportamento totalmente controlado.

8. Transtorno dissociativo de identidade

Repressão: Este tipo de personalidade é expresso no desejo de uma pessoa de viver e ser aceita como membro do sexo oposto. Se você acha esse jovem perigoso e depravado, talvez no início de sua infância tenha reprimido um problema de identidade ou, mais especificamente, um problema de identidade de gênero.

Negação: Se o mecanismo de defesa da negação funcionou, você pode ter uma tendência a confirmar enfaticamente seu sexo biológico. Nesse caso, seus comportamentos e aparência enfatizam que você é um homem ou uma mulher de verdade. Se você é um homem, você é muito “machista”, e se você é uma mulher, você sempre tenta parecer atraente e busca atrair homens.

Texto originalmente publicado em lavidalucida e adaptado pela equipe do blog Educadores.