Início Beleza Saiba como eliminar o mau cheiro nos pés

Saiba como eliminar o mau cheiro nos pés

258
0

Confira dicas incríveis

Você não pode tirar os sapatos na frente dos outros por causa do mau cheiro? É, ter chulé não é agradável e ainda afasta todas as pessoas. Porém, o chulé é um problema comum que quase todo mundo tem. Apesar disso, devemos saber como o mau cheiro aparece e como podemos evitá-lo.

O chulé é resultado de uma combinação de suor excessivo com bactérias. Essa reação química acontece da seguinte maneira: o organismo humano transpira para que a temperatura corporal fique regulada, e com os nossos pés o processo não é diferente.

Porém, esta parte do corpo é normalmente coberta por tênis, sapatilhas, entre outros, o que ocasiona o suor, que não tem como se dissipar. Então ocorre a fermentação juntamente com as bactérias que se encontram na pele, produzido, desta maneira, o chulé.

O problema é que o calor e a umidade fazem com que essas bactérias se proliferem cada vez mais e aí quando não trocamos frequentemente as meias, os calçados, para permitir aos pés que respirem, acaba surgindo o mau cheiro, explica João Paulo Junqueira Magalhães Afonso, dermatologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Para não sofrer mais com o mal, o dermatologista João Paulo Junqueira Magalhães Afonso deu dicas incríveis para evitarmos o aparecimento do chulé:

Mantenha seus pés sempre limpos

Para evitarmos o chulé precisamos manter os pés bem higienizados. Porém, o dermatologista não sugere o uso de sabonetes antissépticos, pois eles podem ocasionar outros tipos de irritação na pele, e, ainda, não eliminam apenas as bactérias ruins e podem ocasionar um desequilíbrio no corpo humano. Portanto, use sabonetes comuns ou hidratantes.

Mantenha os pés sempre sequinhos

É essencial mantermos os pés bem secos, portanto, ao sair do banho, é preciso secar bem a planta dos pés e também entre os dedos, afinal as bactérias tendem a se proliferar em lugares úmidos.

Use calçados abertos

Use calçados que permitam a respiração dos pés, normalmente aqueles que permitam a entrada de ar.

Jamais use sempre os mesmos calçados

Sempre alterne o uso os sapatos. O mais correto é trocar de calçados ainda durante o dia, porém, se não for possível, é essencial não utilizar o mesmo sapato no dia seguinte, permitindo assim que aquele par usado no dia anterior possa ficar em um local arejado e ensolarado para eliminar bactérias.

Não use calçados de plástico

Borracha, plástico, ou materiais sintéticos são completamente vedáveis o que favorece a proliferação de bactérias.

Cuidado com o uso do talco

O uso dos talcos pode atrapalhar bastante aquelas pessoas que sofrem com suor excessivo nos pés, pois ao entrar em contato com o suor, o talco pode se transformar “pasta” úmida, que provoca a inda mais a proliferação das bactérias já existentes.

Prefira meias de algodão

Meias de algodão sempre serão as melhores de se usar, pois esse material possui propriedades de absorver e de deixar o suor evaporar da melhor maneira.

Fonte: saude