Início Bem estar Pessoas com mais de 40 devem trabalhar 3 dias por semana, aponta...

Pessoas com mais de 40 devem trabalhar 3 dias por semana, aponta pesquisa.

1612
0
Couple on a tropical beach


A chave do sucesso emocional é trabalhar apenas três dias por semana. Os estudos apontam que trabalhar em tempo parcial estimula o cérebro, evitando a exaustão e o estresse.

A pesquisa sugere que as pessoas com mais de quarenta anos ganharão mais desempenho profissionalmente se trabalharem apenas 3 dias por semana.

De acordo com o estudo muitas horas de trabalho pode ocasionar problemas de saúde.

Os economistas da Universidade de Melbourne avaliaram os costumes laborais de 3 mil homens e 3,5 mil mulheres com mais de 40 anos, fazendo comparações com resultados de testes de competência cerebral.

Os especialistas descobriram que o trabalho em meio período sustenta o estímulo do cérebro e evita a exaustão e estresse. Eles anunciam que isso deve ser levado em consideração nos diversos países em que a idade mínima vem aumentado.

Competência cognitiva

A pesquisa usou análise de dados de um censo australiano administrado pelo Instituto de Economia Aplicada e Pesquisas Sociais, e também relacionado à Universidade de Melbourne.

A jornada de trabalho em tempo parcial mantém o cérebro estimulado e evita exaustão e estresse.

Participantes fizeram testes em que liam palavras em voz alta, recitavam lista de números de trás para a frente e precisavam ligar letras a números com limite de tempo.

Nos resultados gerais , os participantes que trabalhavam por cerca de 25 a 30 horas obtiveram um melhor rendimento e melhores resultados.

Conforme os especialistas: – “O trabalho pode ser uma faca de dois gumes. Estimula a atividade cerebral, mas, em longas horas e em uma série de funções pode causar fadiga e estresse, o que pode potencialmente danificar as funções cognitivas”,

Colin McKenzie, um dos economistas envolvidos, relata que o trabalho de longas horas torna-se mais danoso ao cérebro do que ficar sem trabalhar – indivíduos trabalhando cerca de 60 horas por semana mostraram atividade cognitiva mais baixa do que pessoas desempregadas. porém, trabalhar menos de 25 horas também ocasionou diminuição de desenvoltura cognitiva.

Nesse sentido, não teve diferenças importantes entre homens e mulheres em relação ao numero ideal de horas de trabalho. Mackenzie solicitou mais pesquisas para analisar os impactos da jornada de trabalho na saúde das pessoas.

Os especialistas dizem que a as horas de atividade ideal deve variar entre os diferentes países.