Início Bem estar Pedreiro, que pedalava 42 km por dia para estudar, se forma em...

Pedreiro, que pedalava 42 km por dia para estudar, se forma em direito

1578
0

Joaquim Corseno, de 63 anos, veio para nos dar uma lição de perseverança.  Natural de Itaumirim (MG), aos 20 anos concluiu um curso técnico em Administração e passou no vestibular para Ciências Contábeis. No entanto, as dificuldades o impediram de fazer o curso superior naquele momento. Ele precisava trabalhar, então iniciou como ajudante de pedreiro e, tendo com o tempo aprendido o ofício, fez dele a profissão que exerceria por boa parte da vida.

No entanto, o sonho de Joaquim permanecia lá com ele. Economizou por anos para poder realiza-lo (R$ 55 mil ao todo). Em 2008, então, retornou à faculdade e cursou quatro semestres. Infelizmente um amigo pediu dinheiro emprestado, e Joaquim acabou por não ter mais condições de continuar.

“Um amigo pediu R$ 4.500 emprestados e não pagou. Aí eu tive que parar a faculdade para juntar mais dinheiro para pagar o curso todo”, contou à Rede Globo.

Mas ele não desistiu. Em 2012 ele novamente retornou à faculdade. E sem ter como se locomover de outra maneira, pedalava 42 quilômetros por dia para assistir as aulas. E foi assim, enfrentando as dificuldades, que hoje ele é bacharel em Direito e se prepara para a prova da OAB. Seu maior objetivo é se tornar delegado.

Confira abaixo o vídeo:

Texto originalmente publicado em revistapazes e adaptado pela equipe do blog Educadores.