Início Comportamento O cachorro mais raro e antigo do mundo foi novamente encontrado na...

O cachorro mais raro e antigo do mundo foi novamente encontrado na natureza

179
0

O cão-cantor-da-nova-guiné (Canis lupus hallstromi) é conhecido pela ciência já faz muito tempo. No entanto, seus hábitos, até hoje, só haviam sido estudados em cativeiro. Nenhum animal da espécie fora encontrado na natureza em décadas, até que pesquisadores acabaram descobrindo um grupo destes cães na Nova Guiné.

Cerca de 15 animais foram descobertos na Pirâmide Carstensz, uma área montanhosa da Nova Guiné. Lá registraram mais de 100 fotografias. Quem descobriu foi a New Guinea Highland Wild Dog Foundation (NGHWDF) durante uma expedição feita em setembro de 2016. O pesquisador Mac McIntyre encontrou uma pegada canina na região.

A fundação diz que os animais podem ser “a conexão que faltava entre os primeiros canídeos e os modernos cães domésticos”.

Bacana, não é mesmo? Em breve teremos mais resultados de testes de DNA que trarão maiores informações sobre a descoberta. Vamos ficar de olho para saber mais!

Texto originalmente publicado em hypeness e adaptado pela equipe do blog Educadores.