Início Bem estar Mulheres entre 40 e 50 anos experimentam a nova juventude

Mulheres entre 40 e 50 anos experimentam a nova juventude

240
0

Mulheres na faixa de 40 e 50 anos são as mais diversas possíveis: algumas são mães, outras não; algumas são casadas, outras apenas em relacionamentos descompromissados; algumas estão no auge das suas carreiras profissionais, outras estão sempre se descobrindo em funções novas…

A verdade é que o termo “mulheres de meia idade” tem um certo tom pejorativo e tornou-se completamente obsoleto. Porque nessa fase, agora, as mulheres continuam se reformulando. Essa etapa agora é marcada por novos desafios, uma segunda juventude orientada para a realização pessoal.

A crise da meia idade é típica dos 40 anos. Muitas mulheres passaram por ela. Mas acontece que agora atingir essa idade não implica ter que lidar com uma desaceleração, associada à necessidade de reformular dezenas de objetivos e propósitos. Ao contrário disso: essa é a idade em que atualmente as mulheres se sentem no auge da vida.

Elderly woman in a beach hat looking at the sea summer sunny day

Isso não é apenas conversa fiada não, viu? Trabalhos de pesquisa, como os realizados na Universidade de Seattle, por exemplo, destacam algo importante nesse aspecto: a menopausa foi considerada o fator mais relevante na vida das mulheres de meia-idade, no entanto, agora, as mulheres transformaram essa variável em algo absolutamente irrelevante, tendendo a se concentrarem apenas em aspectos como reequilíbrio do trabalho e em  se redescobrir.

Além disso tudo, as mulheres nessa faixa já não se deixam mais influenciar pelos padrões que a sociedade tenta impor. Elas sabem muito bem o que querem. Sentem-se atraentes e cuidam-se de si mesmas da forma como bem entendem. Se sentem livres para serem a melhor versão de si mesmas.

E esse equilíbrio, essa autoconfiança, é o que torna essas mulheres de 40 a 50 anos uma geração empoderada que está inspirando aquelas na faixa dos 20 e 30 anos.

A verdade é que é quase o despertar  para uma segunda juventude. Elas tem sonhos a serem realizados, e ainda caminham com força e energia em direção à eles, inspirando à todos nós.

Texto originalmente publicado em amenteemaravilhosa e adaptado pela equipe do blog Educadores.