Início Comportamento Menina preferiu abrir seu próprio negócio a ter uma festa cara de...

Menina preferiu abrir seu próprio negócio a ter uma festa cara de 15 anos

59
0

Uma adolescente guatemalteca chamada Natalia tem uma história muito curiosa. Determinada a perseguir seu sonho de ter um negócio, a garota tomou uma decisão extraordinária: abdicar da festa de quinze anos que seus pais estavam planejando fazer para ela, e trocar este presente por  apoio financeiro para iniciar seu próprio empreendimento de venda de verduras e legumes.

Extremamente incomum, não é?

Por ser tão incomum e maduro que essa atitude surpreendeu seus pais e os encheu de orgulho. Gerardo Duarte, pai da adolescente, compartilhou uma foto no Facebook mostrando a filha nas instalações de seu próprio negócio, parabenizando-a pela atitude.

A publicação viralizou nas redes sociais. E com isso vieram inúmeros comentários apoiando a menina:  “Eu sei que normalmente a festa de 15 anos é o desejo de todas as meninas, mas isso a ajudará muito. Ela terá lucros que a ajudarão a investir e ganhar mais, não há melhor preparação para a vida”, disse uma pessoa. “Que jovem inteligente. Uma empreendedora com os pés no chão. Boa sorte e parabéns pela filha que você tem”, “Ela soube pensar, as festas são apenas um gasto”, “Ela é um exemplo, sem dúvida” e “Parabéns, ela pensou bem em seu futuro”, afirmaram outros.

Mas claro que, como todo post que viraliza, ele também trouxe algumas críticas: “Os 15 anos só acontecem uma vez… espero que ela não se arrependa quando for mais velha. Há coisas que não podem ser adiadas”, e “Com quinze anos, ela está na idade de estudar e estar com os amigos. Ela é menor de idade, não sei como são as leis em seu país, mas no meu país, até os 18 anos não é permitido abrir um negócio ou trabalhar legalmente”, afirmaram alguns.

E você, o que pensa a respeito?

Texto originalmente publicado em psicologiasdobrasil e adaptado pela equipe do blog Educadores.