Início Destaque Esgotamento emocional, consequência de exigir ser forte

Esgotamento emocional, consequência de exigir ser forte

168
0

Quando falamos de exaustão emocional, nos referimos a um estado em que todos os nossos esforços são sobrecarregados. Aqui nos referimos tanto aos excessos de trabalho quanto a qualquer estímulo emocional ou cognitivo.

Essa exaustão emocional não acontece durante a noite. Pois é um processo puramente mental que ocorre aos poucos. A ponto de ficar imerso em paralisia, alguma doença crônica e, acima de tudo, depressão profunda.

A exaustão emocional é  sentida principalmente como exaustão mental, geralmente acompanhada por fadiga física. Mas, além do que pensamos e acreditamos, esse fenômeno psicológico é mais freqüente do que normalmente parece.


Causas que produzem exaustão emocional

Ela se origina porque há um desequilíbrio entre o que damos e o que podemos receber. Ocorre em ambientes onde existe uma grande demanda, ou que exige grandes sacrifícios. Estudos demonstraram que a fadiga emocional geralmente ocorre quando há ameaça de demissão ou em um lar onde existem muitos problemas. 

Primeiros sintomas

  • Fadiga física
  • Dificuldade em dormir.
  • Perda de autocontrole e irritabilidade.
  • Falta de motivação.
  • As emoções estão mais distantes.
  • Falhas de memória.
  • Dificuldades para pensar e analisar qualquer situação.

A saída, a superação

O melhor remédio para acabar com a exaustão emocional é muito simples, descansar. Você deve encontrar tempo livre para poder relaxar e ficar calmo.

Leve suas férias a sério, aproveite o seu descanso verdadeiramente. Deixe seus afazeres de lado e relaxe.

Texto originalmente publicado em ignisnatura e adaptado pela equipe do blog Educadores.