Início Comportamento Entenda o quão errado é tossir e espirrar nas mãos

Entenda o quão errado é tossir e espirrar nas mãos

418
0

Atualmente estamos enfrentando diversas doenças, em todo momento cientistas descobrem novos vírus e bactérias. O atual problema é o agora famoso coronavírus, e todos estão alertando sobre a importância de tomar os cuidados necessários.

Dentre esses cuidados que devemos ter, está a maneira como tossimos e espirramos. Não somente por causa do atual coronavírus, mas para absolutamente qualquer outro tipo de doença contagiosa. A maneira como tossimos e espirramos é, e sempre foi, errada: colocamos a mão em frente ao rosto, em forma de educação muitas vezes. O problema é que isso pode ser muito perigoso.

HÁBITO INAPROPRIADO AINDA É DOMINANTE NOS BRASILEIROS

Embora muitos já tenham ouvido falar sobre as melhores maneiras de tossir e espirrar, muitos ainda praticam de forma errada. É compreensível, tendo em vista que desde criança o indivíduo aprende a colocar a mão em frente ao rosto, e um hábito desses não muda tão rapidamente. No entanto, reforçamos a importância de tentar transformar esse costume para maneira correta.

Qual a maneira correta, então?

Segundo o Ministério da Saúde a forma correta de reduzir as chances de transmitir ou contrair doenças é ter em mãos um lenço para cobrir boca e nariz ao espirrar. Esse mesmo lenço deve ser descartado logo em seguida, nada de reutilizar!

Como é difícil se ter um lenço em mãos em momentos de espirros – principalmente quando são espirros que vem repentinamente – o ideal é dobrar o braço e usar a parte interna do cotovelo como barreira para nariz e boca. Isso é melhor que colocar as mãos por que essa parte do corpo não tem tanto contato com outras superfícies quanto elas.

Quando se espirra ou tosse com as mãos em frente, você deve lavá-las imediatamente após o espirro. Esse é outro hábito absurdamente importante: lavar as mãos com frequência, principalmente antes de consumir alimentos, tocar os olhos, boca e nariz.

Mude seus hábitos e cuida da sua saúde!

Texto originalmente publicado em fatosdesconhecidos e adaptado pela equipe do blog educadores.