Início Ciência Distúrbios neurológicos em crianças: 5 sintomas para prestar atenção

Distúrbios neurológicos em crianças: 5 sintomas para prestar atenção

708
0

Se tem uma coisa que causa temor nos pais são as doenças neurológicas. Mas o que é um distúrbio neurológico?

Distúrbios neurológicos em crianças acontecem quando algo não vai bem dentro do cérebro, mais precisamente no sistema nervoso ou nas células musculares. Os  distúrbios se apresentam de diferentes formas, como por exemplo, a epilepsia (convulsão), cefaleias, tiques ou distúrbios do movimento entre outros males.

Muitas vezes a criança já nasce com distúrbio, como é o caso da espinha bífida, uma enfermidade genética ou hidrocefalia (líquido no cérebro), ou até mesmo podem contrair distúrbio quando são maiores, que pode ser implicação de uma lesão traumática ou infecção grave.

Como identificar os sinais de alerta de distúrbios neurológicos? Como podemos descobrir e reconhecer que é hora de procurar ajuda?

Na realidade, não é fácil saber o momento certo de buscar atendimento médico especializado para seu filho, contudo, o mais indicado é leva-lo para  uma análise de rotina com o seu pediatra. Caso sua crianças esteja demostrando um atraso  nos marcos do desenvolvimento, saiba que esse é um dos sintomas mais comum e que merecem atenção dos pais. Os marcos do desenvolvimento são conhecidos como a idade de sorrir, sentar, engatinhar, andar, falar etc. Estes marcos servem como base  de acompanhamento do desenvolvimento  das crianças que acontece durante os primeiros anos e na adolescência, assim sendo, é muito importante que os pais mantenham em dia  as visitas junto aos pediatras da criança.

Veja os sinais de aviso adicionais de distúrbios neurológicos abrangem:

  • Tônus muscular anormal no nascimento (hipo ou hipertônico);
  • Convulsões;
  • Bebê flácido;
  • Episódios subtis de olhar fixo / sem resposta;
  • Lenta aquisição de linguagem e / ou habilidades motoras.

Alertamos para o fato da sua seriedade de um diagnóstico precoce , bem como uma intervenção especifica para cada caso, sabendo que  essas tais condições podem apresentar bons resultados quando tratadas mediante a um diagnóstico precoce. Por isso, caso os pais notem um comportamento diferente do normal em seu filho(a), busque imediatamente uma consulta para que seja feita uma avaliação com um profissional.

Este artigo foi publicado originariamente no site- Instituto Pensi , e foi reproduzido adaptado por equipe do blog cantinho