Início Comportamento Cometer erros é um defeito comum, pedir desculpa é uma virtude de...

Cometer erros é um defeito comum, pedir desculpa é uma virtude de poucos.

666
0

Estar errado é humano, é um fato natural que nos permite crescer, aprender, refletir e evoluir

Às vezes, um erro, é um evento que devemos superar sem mais, mas outras vezes, após uma falha ou ofensa, é necessário ter a coragem de pedir perdão.

Desculpar-se com algumas pessoas é uma virtude, pois elas reconhecem que o dano causado a outras pessoas precisa de compensação. No entanto, para outros indivíduos, pedir desculpas representa uma dificuldade, já que seu interesse máximo é proteger seu próprio ego. Sem demonstrar empatia pelo desconforto causado.

Errar, uma característica da humanidade
Todos os seres humanos estão dispostos a cometer erros em algum momento de suas vidas, já que não há um indivíduo perfeito. O errado não deve ser visto como algo negativo, pois fornece aprendizado e experiência, além da motivação para melhorar e alcançar resultados positivos.

No entanto, isso não deve ser considerado uma desculpa para errar. Pelo contrário, é preciso aprender a reconhecer os erros e as consequências que eles podem gerar. James Joyce disse que alguns erros nada mais são do que portais para a descoberta. Este é um pensamento que pode ser aplicado à vida e à ciência, onde, às vezes, um erro significa um avanço.

Ao cometer um erro, ofensa, queixa ou humilhação podem ser causadas à pessoa afetada por nossas ações. O mais normal seria pedir desculpas pelo dano causado, mas há pessoas que negam esse fato. Talvez seja por causa do orgulho ou imaturidade emocional, independentemente da razão, do fato, ser tratado por se desculpar como um ato banal.

Uma sociedade que penaliza o erro
Em nossa sociedade atual, o fato de cometer erros e pedir desculpas não é um ato natural e honesto, destinado a reparar o crime causado. Pelo contrário, em face de uma queixa, as pessoas tendem a recorrer às redes sociais para expressar suas desculpas publicamente, sob o falso pretexto de humildade e reconhecimento. No entanto, a realidade é diferente, pois é um ato planejado com o objetivo de limpar a imagem da pessoa responsável e não de afeto.

Mesmo dentro do processo educacional, os adultos incutem nas crianças, medo do erro. Um aluno que falha é um símbolo de algo negativo para sua família e ambiente. Mas, estigmatizando a suspensão e a aprovação como boas ou ruins, o que é gerado é que os jovens ocultam seus erros, sem reconhecê-los, nem aprender com eles, tornando-se adultos com medo do fracasso.

Ao enfatizar esse pensamento, evita-se também aprender a agir em compensação pelos danos causados. Como não reconhece o erro, é impossível para a pessoa entender a necessidade de pedir desculpas.

Saiba como pedir desculpas após um erro
O perdão autêntico é um ato que vem do coração, da pura intenção de tentar reparar os danos causados ​​à outra pessoa. É por isso que, por sua vez, é um ato de coragem, uma vez que o impacto de ações ou palavras é reconhecido. Embora nem todas as pessoas perdoem, nem todo mundo que exige perdão seja perdoado, esse é um ato que fornece benefício e crescimento pessoal ao indivíduo.

Fonte:https://ignisnatura.org/