Início Curiosidades Após 3000 anos, azeitona branca aparece na Itália

Após 3000 anos, azeitona branca aparece na Itália

764
0

Um amante de culturas antigas trouxe de volta o cultive da azeitona branca. Esse tipo de azeitona existia há mais de 3000 anos e foi cultivada novamente uma província de Viterbo, Itália.

Na época antiga, a azeitona branca era muito famosa pois era cultivada nos jardins dos templos e em outros lugares sagrados.  Seu fim era para óleos de rituais religiosos e, por não ter gosto, ela se difere da utilização da azeitona atual que é utilizada na alimentação. A azeitona branca foi utilizada dentro das lâmpadas de óleo e como base para unguentos.

A novidade foi apresentada por Alessio Grandicelli, no seu perfil do Facebook. Por ser amante da cultura antiga, tentou e conseguiu cultivar a azeitona branca em Civita Castellana.

PARA QUE SERVE A AZEITONA BRANCA

Como já dissemos, o óleo extraído da azeitona é utilizado em rituais religiosos. Algumas de suas outras utilizações são:

  • Unção dos eleitos para as altas posições imperiais bizantinas.
  • Óleo em cerimônias de coroação de imperadores.
  • Óleo sagrado em serviços religiosos, como batismo, confirmação, unção de enfermos, ordenação de novos sacerdotes e bispos.

Já em relação a questão alimentar, seu uso não é muito vantajoso. Talvez o fato de não ter gosto é o que tenha feito essa azeitona sumir com o passar do tempo.

Texto originalmente publicado em nation e adaptado pela equipe do blog educadores.