Início Comportamento Merenda escolar será distribuída em kits para alunos da rede municipal de...

Merenda escolar será distribuída em kits para alunos da rede municipal de ensino da cidade de Viamão/RS

1957
0

Com as aulas suspensas para conter o avanço do coronavírus, o prefeito de Viamão, Russinho, juntamente com a Secretaria Municipal da Educação (SME), informa que estão sendo adquiridos e estão sendo montados kits com gêneros alimentícios da merenda escolar para serem entregues aos alunos matriculados nas 63 escolas municipais.

O kit está sendo elaborado com base nutricional pela equipe de nutrição da SME, previsto para atender aos alunos durante o primeiro semestre de 2020. Cada estudante receberá um kit, que será entregue a um responsável legal do aluno. A distribuição acontecerá na própria escola, de forma organizada, evitando aglomerações e respeitando todas as normas de saúde. O calendário de entrega será divulgado no site e nas redes sociais da Prefeitura.

De acordo com o PL 786/2020, o envio direto da merenda poderá ser feito durante a suspensão de aulas em situações de emergência ou calamidade pública, como é o caso da pandemia do novo coronavírus.  

O dinheiro do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) continuará a ser repassado pela União a estados e municípios para a compra de merenda escolar. O texto também determina a distribuição imediata dos alimentos estocados e já comprados com a verba do programa.

Para o presidente das comissão, Dário Berger, para muitos estudantes a alimentação escolar é a principal fonte nutricional. Dário tem defendido desde a semana que o Ministério da Educação adote medida similar, mesmo sem a aprovação de uma lei. Para ele, é urgente garantir comida para os alunos das escolas públicas.

A posição do senador é reforçada pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime). Em nota, a Undime defende que as refeições não devem ser oferecidas ou entregues nas unidades escolares, pois iriam na contramão da medida de quarentena e de isolamento exigida pelos governos. A Undime ressalta, assim como Dário Berger, que a alimentação escolar é, em muitos casos, a principal fonte nutricional dos estudantes.

Fontes: senado e viamao.rs.gov.br