Início Bem estar Melhor conviver com a verdade do que com a bajulação

Melhor conviver com a verdade do que com a bajulação

1325
0

Todos dizem que preferem a verdade do que a mentira, entretanto ela tende a incomodar àqueles que a ouvem e imaginamos logo quando ela não convém, mas, saber falar a verdade é uma arte.

Obviamente a mentira com seus enfeites falsos encanta os ouvidos, os elogios, e tantas delicadezas com as palavras para nunca, jamais extrair surtos alheios, brigas desnecessárias, por isso sempre convém contar a boa e velha mentira para os não adeptos com a verdade.

Podemos enumerar aas vantagens de se dizer a verdade, apesar de dolorosa, ela nos encaminha rumo ás soluções; ela é digna da realidade mesmo que traga dor, espanto e tormento. Portanto, ela é a prática dos “bons”, daqueles que se aproveitam dela também para destilar maldade, já que ela, a verdade, também serve para meter aquele dedo na ferida alheia.

A verdade é um grande recurso para as pessoas de bom caráter, expor seu ponto de vista. Falar a verdade para as pessoas éticas é sempre fácil porque as utilizam com sabedoria e paciência, geralmente a verdade do bem sempre vem acompanhada por alguém que prefere falar a verdade, sem julgar, mas também para construir um novo rumo de soluções possíveis. Independente do ponto de vista, a verdade brota como uma solução e um ponto final, pois, depois dela somos obrigados a refazer nossos conceitos sobre algo; reconstituir novos caminhos para conviver com ela.

Entretanto, pensar antes de falar a verdade é muito significativo se pensarmos que podemos ferir alguém, seja em publico ou em particular, por isso ser verdadeiro interiormente, também consiste em calar em vez de ferir, omitir quando a verdade tem garantia de está guardada conosco, sempre com o objetivo de não julgar.

A verdade é única não porque você acredita nela para apontar os defeitos do outro, as vezes sua verdade pode ser equivocada em relação ao que pensa, nesse caso, vale ter bom senso e coragem para repensar “suas verdades”. Não podemos deixar de citar  as pessoas que não conseguem guardar um segredo, sem limites passam por cima dos sentimentos, e, principalmente daquele que lhe confiou a palavra, essa são as mais perigosas que se utilizam da verdade para amargar a avida alheia, cheias de imperfeiçoes, arrogantes e algumas vezes não suportam a verdade.     

De fato, devemos sempre preferir a verdade , é um direito ser honesto e preferir conviver com ela, porém  cabe a nós buscar novos caminhos para que o falar seja valioso tanto para que a ouve , quanto para quem diz a verdade. Novos caminhos de com as palavras certas, buscando encaminhar uma boa conversa que no final possamos nos abraçar e pensar como é bom dizer a verdade com serenidade na alma, e senso de justiça e principalmente paz.